Sportbuzz
Testeira
Futebol / COLETIVA!

Diretor do Atlético-MG avalia confusão e manda recado à Conmebol; confira!

Conmebol vem sendo pressionada após o duelo entre Atlético-MG e Boca Juniors

Redação Publicado em 21/07/2021, às 21h38

Atlético-MG está de olho no trabalho da Conmebol - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Atlético-MG está de olho no trabalho da Conmebol - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Mesmo após ser eliminado da Libertadores, o Boca Juniors parece não aceitar a derrota, já que considera ter sido prejudicado nas duas partidas diante do Atlético-MG. Nelas, o clube argentino teve dois gols anulados e acabou se despedindo do torneio nos pênaltis.

Para completar a polêmica, os jogadores e membros da delegação do time argentino entraram em confronto com seguranças do Galo e profissionais do clube ainda dentro do vestiário. Por conta da confusão, a equipe do Boca Juniors foi levada à delegacia e liberada na sequência.

Diante de toda a polêmica, o dirigente Rodrigo Caetano concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, 21, e falou sobre toda a confusão causada pelos argentinos na Libertadores. Questionado sobre uma possível retaliação, o diretor negou acreditar na possibilidade.

A gente espera, independentemente de ser Argentinos Juniors ou River Plate, que tenhamos o jogo transcorrendo dentro do campo. Esperamos que o que aconteceu ontem, tenha se encerrado ontem”, iniciou Caetano.

Mas para isso ter efeito, realmente os órgãos competentes, tanto a Polícia aqui tomou as devidas providências, bem como agora, sem dúvida alguma, estaremos fiscalizando a Conmebol neste sentido, para tanto no jogo de ida quanto na volta, tenhamos as atenções voltadas para os atletas, no campo, pois são os protagonistas”, completou.

Perguntado sobre a nota oficial divulgada pelo Boca Juniors, Rodrigo Caetano revelou que esperava um pedido de desculpas. Contudo, o dirigente do Atlético-MG contou que alguns membros da diretoria do time argentino se desculparam pelo ocorrido ainda no estádio.

Um pedido de desculpas... Era o mínimo que deveria estar inserido na nota. Apesar de que ontem, alguns dirigentes do Boca Juniors, pessoalmente, tenham feito pedidos de desculpas, posteriormente às cenas lamentáveis. Cada um faz a sua narrativa e a nossa está bem detalhada nas nossas notas”, concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!