Sportbuzz
Testeira
Futebol / COMPLICADO

Diniz evita falar sobre futuro do Vasco e indica postura: "Temos que nos envergonhar e pedir desculpas"

Sob o comando de Fernando Diniz, o Vasco perdeu para o vitória por 3 a 0, e não tem mais chances de voltar à Série A do Brasileirão nesta temporada

Redação Publicado em 11/11/2021, às 07h08

Fernando Diniz durante entrevista coletiva de imprensa no Vasco - Transmissão Vasco TV
Fernando Diniz durante entrevista coletiva de imprensa no Vasco - Transmissão Vasco TV

Nesta quarta-feira, 10, Fernando Diniz esteve novamente na sala de coletiva de imprensa de São Januário para justificar mais uma derrota do Vasco. Pelo Brasileirão Série B, a equipe carioca perdeu para o Vitória por 3 a 0, em casa, e matematicamente não consegue mais subir à Série A da competição nacional, o que frustrou muito torcedores.

 

Falando sozinho, sem a presença do diretor Alexandre Pássaro, Diniz evitou comentar sobre as chances de acesso e planos para o futuro do Vasco na competição do ano que vem, e priorizou um pedido de desculpas à torcida vascaína.

"Eu não estou pensando em continuidade. Não sou de fazer planos para o futuro. Eu tenho é que pedir desculpas ao torcedor do Vasco, que merece muito mais do que isso. Da minha parte esforço nunca faltou. Eu amo futebol, eu quis vir para o Vasco e adoro estar aqui no Vasco. Mas o torcedor merece muito mais e temos que entregar muito mais. Não tenho a mínima pretensão de falar de planejamento. Temos que falar de agora e pedir desculpas. O torcedor veio aqui e em boa parte do jogo nos apoiou. E nós entregamos isso aí. Então temos que nos envergonhar e pedir desculpa, embora o torcedor mereça vitória e não desculpas", disse o treinador.

Além de se desculpar, o comandante da equipe carioca ainda assumiu sua parcela de culpa pelo fato de o Vasco não ter conseguido o acesso à Série A. Vale lembrar que Diniz assumiu o cargo de treinador do time na 24ª rodada da Série B.

"Eu cheguei depois, mas tenho minha parcela de responsabilidade. Desde que cheguei aqui, a gente teve dois momentos muito favoráveis para arrancar para o acesso e não soube aproveitar. Foram momentos em que tinha que ter segurado, que o torcedor estava do nosso lado, compareceu e incentivou. Se a gente não aproveitou, o mínimo que tem que fazer é honrar a camisa do Vasco, correr o tempo todo. Tem que correr, todo mundo, para ter dignidade nos jogos", informou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!