Sportbuzz
Testeira
Futebol / EUROCOPA

Dinamarca sai na frente, mas Inglaterra vira e vai enfrentar a Itália na final da Eurocopa

Damsgaard abriu o placar com um belo gol de falta, mas Kjaer contra e depois Harry Kane, na prorrogação, garantiram a vitória aos ingleses

Redação Publicado em 07/07/2021, às 17h19 - Atualizado às 18h36

Harry Kane corre para comemorar gol da virada contra a Dinamarca - Getty Images
Harry Kane corre para comemorar gol da virada contra a Dinamarca - Getty Images

Nesta quarta-feira, 07, Inglaterra e Dinamarca se enfrentaram no Estádio de Wembley, em Londres, em jogo válido pela semifinal da Eurocopa 2020. Damsgaard abriu o placar, aos 29 minutos de jogo, em uma excelente cobrança de falta. Depois, no fim do primeiro tempo, Kjaer marcou contra, deixando tudo igual no placar.

Somente na prorrogação, Sterling fez ótima jogada individual e sofre pênalti. Na cobrança, Schmeichel até defendeu a cobrança de Harry Kane, mas o centroavante aproveitou o rebote, para mandar para o fundo da rede e colocar a Inglaterra na final.

Com a vitória por 2 a 1, de virada, a Inglaterra superou a Dinamarca e garantiu a classificação para a grande final da Euro, onde enfrentará a Itália, no domingo, 11, também no Estádio de Wembley, às 16h (de Brasília).

ESCALAÇÕES

INGLATERRA: Pickford; Kyle Walker, Stones, Maguire e Luke Shaw; Kalvin Phillips e Rice; Saka, Mount e Sterling; Harry Kane.

DINAMARCA: Schmeichel; Christensen, Kjaer e Vestergaard; Larsen, Hojbjerg, Delaney e Maehle; Braithwaite, Dolberg e Damsgaard.

 

 

1º Tempo

A Inglaterra manteve a posse da bola durante mais tempo na primeira etapa, mas foi a Dinamarca quem criou as primeiras chances de perigo do jogo.

Aos 15 minutos, Pickford saiu jogando errado e entregou a bola nos pés de Damsgaard. O atacante serviu Braithwaite na entrada da área, que chutou rasteiro, a bola desviou na marcação e saiu à direita do gol. Depois, aos 24, Damsgaard chutou colocado da entrada da área buscando o ângulo, mas mandou à esquerda do gol.

Até que, aos 28, o esforço dinamarquês foi recompensado! Luke Shaw fez falta em Christensen na entrada da área. Na cobrança, Damsgaard finalizou forte, com a parte interna do pé, a bola passou pela barreira e entrou no canto superior direito, para abrir o placar em Wembley. Foi uma linda cobrança do atacante, mas ficou a impressão de que Pickford poderia ter realizado a defesa.

Depois que sofreu o gol, a Inglaterra pareceu um pouco assustada por alguns minutos, não conseguindo criar jogadas que levassem perigo ao gol de Schmeichel. Até que, aos 37 minutos, Kane recebeu de Saka pelo lado direito da área e tocou para o meio. A bola desviou na marcação, Sterling se livrou de Stryger e finalizou à queima-roupa, mas mandou em cima do goleiro dinamarquês.

E no minuto seguinte, saiu o empate inglês! Saka recebeu passe espetacular de Kane pelo lado direito da área, levou para o fundo e cruzou rasteiro buscando Sterling. Kjaer deu o carrinho para tentar cortar antes da finalização do atacante, mas acabou mandando contra a própria meta.

2º Tempo

O segundo tempo, apresentou uma seleção inglesa mais solta, que conseguiu chegar mais vezes com perigo e passou a pressionar a adversária. Aos nove minutos, Mount cobrou falta da direita, encontrando Maguire, que subiu muito bem na segunda trave e cabeceou no cantinho direito, mas parou em uma defesa espetacular de Schmeichel.

A única chance clara da Dinamarca saiu aos 13 minutos, quando Stryger tocou, Braithwaite fez o corta-luz e acionou Dolberg. O centroavante girou na entrada da área e finalizou rasteiro, de canhota, mas Pickford defendeu com segurança.

Aos 28, Mount cruzou da ponta direita e acabou mandando na direção do gol. Schmeichel deu um tapa na bola e mandou para escanteio. Depois, aos 34, Phillips pegou rebote da zaga dinamarquesa e finalizou da intermediária, mas passou à direita do gol.

O árbitro deu seis minutos de acréscimos e os ingleses continuaram pressionando. A Dinamarca, por sua vez, conseguiu se defender muito bem e segurar o empate, levando o jogo para a prorrogação.

PRORROGAÇÃO

A prorrogação começou da mesma maneira que o tempo regulamentar havia terminado, com a Inglaterra atacando o tempo todo, enquanto a Dinamarca apenas se defendia. Nos primeiros minutos, Kane e Grealish até chegaram a levar perigo, mas pararam no goleiro Schmeichel.

Aos 12 minutos, Sterling fez linda jogada individual pelo lado direito da área, foi derrubado e o árbitro marcou a penalidade. Na cobrança, Harry Kane até chegou a parar no goleiro dinamarquês novamente, mas no rebote, mandou para o fundo da rede para colocar a Inglaterra em vantagem pela primeira vez no jogo!

No segundo tempo da prorrogação foi a Dinamarca que partiu para o ataque. Aos oito minutos, Braithwaite recebeu pela faixa central, girou em cima de Stones e finalizou no cantinho, mas Pickford se esticou e praticou a defesa. A Inglaterra se defendeu muito bem, arriscou alguns contra-ataques e conseguiu administrar o placar, garantindo a vaga na final da Eurocopa.

INGLATERRA CLASSIFICADA!

Com a vitória por 2 a 1, de virada, a Inglaterra superou a Dinamarca e garantiu a classificação para a grande final da Euro, onde enfrentará a Itália, no domingo, 11, também no Estádio de Wembley, às 16h (de Brasília).

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!