Sportbuzz
Testeira
Futebol / COLETIVA!

Deschamps lamenta eliminação e aponta principal erro da França; confira!

Deschamps ainda saiu em defesa de Mbappé, que perdeu o pênalti decisivo da França

Redação Publicado em 28/06/2021, às 20h57

Deschamps lamentou a eliminação da França - GettyImages
Deschamps lamentou a eliminação da França - GettyImages

Nesta segunda-feira, 28, a França foi surpreendida pela Suíça na disputa de pênaltis e acabou sendo eliminada nas oitavas de final da Eurocopa. E quis o destino que a cobrança decisiva da equipe de Deschamps fosse desperdiçada pelo craque Mbappé.

Logo após a frustrante eliminação, Didier Deschamps concedeu entrevista coletiva e falou sobre a atuação da França. Para ele, a equipe não soube segurar a vantagem na reta final do jogo para assegurar a classificação.

 

 

Enfrentamos hoje uma Suíça muito forte, que nos deu trabalho no primeiro tempo. Claro que a França está acostumada a enfrentar oponentes fechados. Nós poderíamos ter administrado melhor a vantagem”, iniciou Deschamps.

Na prorrogação também tivemos chances. Nos pênaltis é assim, pode acontecer. Geralmente temos final feliz, mas dessa vez não foi. Todos estão muitos tristes e desapontados”, completou. 

Vale destacar o drama envolvido na partida. Após sair atrás do placar, a França virou o jogo para 3 a 1, mas cedeu o empate nos minutos finais. Com o resultado mantido, a decisão foi para os pênaltis. Porém, Mbappé foi o único a desperdiçar a cobrança, que culminou na eliminação.

FALHA DE MBAPPÉ

Questionado sobre o erro de Mbappé, Deschamps fez questão de sair em defesa do craque da França. Além disso, o treinador falou sobre a frustração sentida no vestiário após a eliminação nas oitavas de final da Eurocopa.

Ele foi decisivo em muitas ações que tivemos. Chamou a responsabilidade de bater esse pênalti. Ninguém está muito chateado com ele, falei com todo mundo. Sabemos da força desse grupo, tivemos momentos magníficos juntos. Há muita tristeza, estamos sofrendo muito. Se pensarmos demais nesse jogo, não vai ajudar muito. Essa Eurocopa foi muito difícil. Agora o último campeão mundial vai ter que ir para casa. Temos que aceitar isso”, avaliou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!