Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Depois de Renato Gaúcho ameaçar imprensa, Grêmio recebe ofício da Abraji

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo cobra explicações da equipe tricolor

Redação Publicado em 30/01/2021, às 10h28 - Atualizado às 11h17

Renato Gaúcho em ação pelo Grêmio
Renato Gaúcho em ação pelo Grêmio - GettyImages

Na última quinta-feira, 28, Renato Gaúcho atacou a imprensa e fez fortes ameaças aos jornalistas locais, depois da derrota de 4 a 2 para o Flamengo. Após a declaração, o técnico recebeu uma série de críticas e a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo pediu explicações ao clube.

Por meio de um ofício, a Abraji deixou clara toda a sua insatisfação com as pesadas falas de Portaluppi e cobrou uma resposta do time Tricolor. Marcelo Träsel, presidente da associação, lamentou as declarações de Renato Gaúcho e as insinuações de agressões físicas. 

"Trata-se de uma lamentável tática de intimidação da imprensa, que expõe jornalistas a injúrias, difamação, divulgação indevida de dados pessoais, ameaças e, nos casos mais extremos, pode redundar em agressões físicas e tentativas de homicídio", disse. 

ENTENDA A POLÊMICA! 

Renato Gaúcho deixou de lado a derrota para o Flamengo durante a entrevista coletiva após a partida da última quinta-feira, 28, pelo Campeonato Brasileiro e teceu críticas à imprensa em boa parte de seu pronunciamento. 

Direto e reto, o treinador do Imortal afirmou que os profissionais jornalistas torcedores do Inter teriam que torcer bastante para que tudo desse certo, afinal, caso não levassem o título ‘seguiriam na fila’. 

Argumentando seu parecer, Renato criticou a postura de alguns comunicadores, que ele disse que não teria problema nenhum em os ‘deixar famosos’. Diante disso, eles se entenderiam com os torcedores gremistas. 

"Eu não tenho medo de nenhum de vocês (jornalistas). Vou dar o nome, deixar vocês mais famosos. Aí depois se entendam com a torcida do Grêmio. Estamos muito bem. E vocês, colorados, que sofrem há muito tempo, torçam para o Inter ser campeão. Ou ficarão na fila de novo”, disse ele. 

Após a postura surpreendente, Renato deixou claro que tem total respaldo do atual presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr para que tenha este tipo de atitudes, como levantar o tom diante da imprensa. 

Após a derrota para o Flamengo, o Grêmio segue com 51 pontos, no sexto lugar do Brasileirão. Na próxima rodada, o Tricolor enfrenta o Coritiba. A partida será disputada no domingo, às 16h, no Couto Pereira.                     


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!