Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Depois de pagar multa milionária, Cicinho detona diretoria do Atlético-MG e diz:"Torço para que não se dê bem"

Jogador atuou pelo Galo durante os anos de 2001 e 2003, onde fez 72 jogos e marcou seis gols

Lucas Miluzzi Publicado em 30/06/2020, às 14h50 - Atualizado às 15h37

Cicinho também jogou por Real Madrid e Roma na Europa
Cicinho também jogou por Real Madrid e Roma na Europa - GettyImages

O ex-jogador Cicinho deu declarações polêmicas ao canal do jornalista Jorge Nicola. O lateral-direito relembrou sua passagem pelo Atlético Mineiro e revelou que não guarda boas lembranças do alvinegro de Belo Horizonte. O ex-atleta detonou a multa de 3.2 milhões de reais que teve de pagar ao clube por não avisar que estava de saída para o São Paulo. 

"No ano passado, eu perdi uma ação para o Clube Atlético Mineiro. Tinha uma cláusula que eu tinha que ter notificado se fosse sair do clube. Tive que pagar R$ 3 milhões. Nunca ganhei dinheiro nenhum do Atlético, só para que o torcedor entenda. Tudo o que ganhei lá em quase três anos, tive que pagar agora para que não penhorassem alguns bens meus. Não tenho nada contra o torcedor, mas o Atlético não é uma memória agradável para mim. Teve esta falta de honestidade do clube, que perdeu um dinheiro para o banco Axial, e eu que tive que pagar. Tudo foi resolvido", afirmou. 

Cicinho teve de quitar esse débito, pois na época a empresa Axial era dona de 50% dos direitos econômicos do jogador e ela acionou na Justiça o Galo e o ex-atleta. As duas partes foram condenadas a pagar 18 milhões de reais, mas o valor foi reconsiderado e a dívida caiu para nove milhões de reais, sendo que o lateral ficou responsável por bancar 3,2 milhões dessa quantia. 

Devido a todo esse embróglio, o ex-São Paulo e Real Madrid não guarda carinho do Atlético Mineiro. Além disso, ele garantiu que não torce para que o clube se dê bem no futuro, mas que também não guarda mágoas do Galo. 

"Não guardo mágoa, mas torço para que o Atlético não se dê bem. Paguei mais R$ 300 mil ao advogado. Não tenho carinho nenhum pelo clube. Tenho pelos torcedores e pelo time fantástico. Agora, diretoria e todo esse negócio não me agrada não", concluiu. 

Com a camisa do Atlético Mineiro, o lateral participou de 72 jogos e marcou seis gols. Depois disso, se transferiu para o São Paulo, onde fez sucesso e mandou para o Real Madrid. Cicinho também foi campeão da Copa das Confederações em 2005 pela Seleção Brasileira. 


5 itens essenciais para os torcedores do Atlético Mineiro

1- Chaveiro de Metal Atlético - https://amzn.to/2MEXNK6

2- Copo Térmico Inox  Atlético - https://amzn.to/2BxzabF

3- Escova Dental Torcedor Atlético - https://amzn.to/2MCj8nn

4- Canivete Multiúso Atlético - https://amzn.to/2PctD2b

5- Fone de Ouvido Atlético - https://amzn.to/2o7SKrX

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!