Sportbuzz
Testeira
Futebol / MAIS UM!

Depois de Cristiano Ronaldo, Pogba também retira garrafa de cerveja durante coletiva

Pogba seguiu os passos de Cristiano Ronaldo, que havia tirado duas garrafas de refrigerante durante a entrevista

Redação Publicado em 16/06/2021, às 08h29

Pogba durante entrevista coletiva retira garrafa da mesa assim como Cristiano Ronaldo - Transmissão SporTV
Pogba durante entrevista coletiva retira garrafa da mesa assim como Cristiano Ronaldo - Transmissão SporTV

Durante entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, 15, antes da partida entre França e Alemanha, pela Eurocopa, Pogba repetiu o gesto de Cristiano Ronaldo, e também retirou uma garrafa da mesa antes da entrevista.

 

Incomodado com a garrafa de cerveja, o jogador francês simplesmente a pegou, e "escondeu" de baixo da messa, assim como Cristiano Ronaldo, que retirou duas garrafas de refrigerante antes de começar a falar, e ainda disse para as pessoas beberam água.

No entanto, diferentemente do jogador da Juventus, que na hora pensou mais na parte saudável, trocando um refrigerante por uma garrafa de água, a atitude de Pogba pode estar relacionada com a sua religião.

Pogba é mulçumano, e dessa forma, em sua religião, e seguindo os preceitos religiosos, não se deve consumir álcool e nem mesmo ter sua imagem associada a qualquer bebida alcóolica, nem mesmo na versão 0%, que foi o caso na coletiva.

O gesto de Cristiano Ronaldo causou à empresa de refrigerantes uma perda de três mil milhões de euros. A marca valia antes do acontecido cerca de 199 mil milhões de euros, tendo este valor caído para 196 mil milhões de euros depois da ação do jogador.

Agora, resta saber se a marca de cerveja também sofrerá algum tipo de baque em seu valor depois da atitude do jogador.

Pogba e Rüdiger

 

Acontece que já aos 44 minutos do primeiro tempo, o meia francês Paul Pogba deixou o campo reclamando ter sido mordido pelo zagueiro alemão Antonio Rüdiger. Tudo aconteceu quando Rüdiger passou o rosto nas costas do camisa 6, que gritou na mesma hora.

Mesmo que as imagens não mostrem claramente o momento da tal mordida, Pogba faz imediatamente um gesto de incômodo.

Responsável pelo lançamento para Lucas Hernández, que terminou no gol contra de Hummels, Pogba foi eleito o melhor da partida. Depois do jogo, na entrevista dentro de campo, ele não falou sobre o lance com Rüdiger, preferindo elogiar a atuação coletiva da França.

"Estamos focados no que temos que fazer em campo. Sabemos que temos de lidar com o rótulo de campeões do mundo e entrar com humildade. Quando temos que sofrer, sofremos juntos, e quando atacamos, também atacamos juntos. A performance do time é o mais importante. Sem isso, eu não teria jogado tão bem", disse.

Essa polêmica com Rüdiger rapidamente fez os torcedores lembrarem da famosa mordida do uruguaio Luis Suárez no italiano Giorgio Ghiellini na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Mesmo não sendo expulso da partida, depois, Suárez foi punido justamente com base nas imagens da transmissão. Com nove jogos de suspensão pela Seleção Uruguaia, o jogador teve sua saída imediata da Copa do Mundo.

Durante a transmissão, o comentarista de arbitragem, Sálvio Spínola, avaliou que apesar de ter chegado perto demais, Rüdiger não chegou a morder Pogba.

"Ele se aproxima, mas não vejo a tal da mordida do Suárez", disse no "SportTV".


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!