Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » VISH!

Dedé x Cruzeiro: Zagueiro sofre nova derrota na Justiça e terá de pagar quantia milionária

Defensor não atua desde outubro de 2019 e estava vivendo um grande imbróglio com sua atual equipe

Redação Publicado em 29/01/2021, às 14h04 - Atualizado às 14h57

Dedé em ação com a camisa do Cruzeiro
Dedé em ação com a camisa do Cruzeiro - GettyImages

Dedé sofreu uma nova derrota na Justiça nesta sexta-feira, 29, e terá que pagar cerca de R$277.813,33 por custas processuais. A entidade indeferiu o mandado de segurança interposto pelo zagueiro e definiu mais um revés do jogador nos tribunais contra o Cruzeiro

Desde de outubro de 2019 sem atuar com a camisa da Raposa, o defensor trabalhou para conseguir receber tudo o que o clube deve ao atleta. Desde que começou a luta nos tribunais, Dedé pediu cerca de 35 milhões de reais, sendo 13 milhões em salários atrasados, um milhão de 13º e um milhão em férias. 

De toda essa quantia milionária, o zagueiro também pediu o pagamento de R$3,75 milhões por danos morais e R$10,5 milhões de cláusula compensatória. No entanto, com a negativa da Justiça, o atleta acabou sendo condenado a pagar 277.813,33 mil reais, valor extraído dos R$13.890.666,70.

MESMO COM ESSE IMBRÓGLIO, DEDÉ FICA NO CRUZEIRO? 

Longe dos gramados por conta de uma cirurgia, Dedé está prestes a voltar às atividades. Com vínculo com o Cruzeiro até o final de 2021, não se tem maiores informações sobre o interesse de ambas as partes em seguir com o vínculo. 

Recuperando-se de lesão fora dos cuidados do Departamento Médico do Cruzeiro, Dedé pretende voltar a jogar no começo deste ano, logo, precisaria entrar em um acordo com a Raposa para que a situação seja resolvida. 

Sobre a possibilidade de Dedé seguir em Minas Gerais, estima-se que o clube fará uma espécie de avaliação financeira e física para definir o quão válido seria continuar com a força do experiente jogador. 

Desde que o clube foi rebaixado, mesmo ausente, Dedé segue recebendo valores mensais. Segundo o novo diretor de futebol do Cruzeiro, André Mazzuco deixou claro o posicionamento da equipe em relação ao atleta. 

É um assunto em pauta, não só do Dedé, mas também de outros atletas. Mas é um assunto que não tivemos tempo de resolver. Estou chegando em BH hoje (quinta-feira), então vamos conversar muito sobre isso. Eu falo do Dedé como um profissional que acompanho. É um atleta de altíssimo nível, jogador de seleção brasileira, com qualidade indiscutível, mas que, infelizmente, sofreu essas mazelas do futebol, com lesões e dificuldades de recuperação. Não fosse isso, estaria atuando”, disse ele.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!