Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » DE VOLTA AOS CAMPOS

Debinha diz estar empolgada com o retorno das competições: "A pandemia veio num momento ruim mas mantive meu foco"

A atacante brasileira conquistou diversos títulos nos últimos anos e está empolgada para voltar aos campos

Isabelly Cristaldo Publicado em 26/06/2020, às 09h16

Debinha não vê a hora de voltar a atuar
Debinha não vê a hora de voltar a atuar - GettyImages

A atacante Debinha teve muito destaque nos últimos dois anos, ao conquistar diversos títulos, e se tornou uma das principais jogadoras da atualidade.

Entre os títulos estão: bicampeã norte-americana com o North Carolina Courage, eleita a melhor jogadora da final em 2019, campeã da Copa América com a seleção em 2018 e artilheira do Brasil na era Pia Sundhage.

Porém, a pandemia da novo coronavírus freou a atleta, já que as competições de todo o mundo foram pausadas.

Desde a final da WNSL, no fim de outubro, Debinha só atuou mais sete vezes, nos amistosos da seleção em novembro, dezembro e março. A espera termina neste sábado, quando o NC Courage enfrenta o Portland Thorns, no jogo de abertura da NWSL Challenge Cup.

Sem definição sobre a reativação do Campeonato Feminino dos EUA, que deveria ter começado em abril, a NWSL criou um torneio de um mês de duração, disputado em Utah, que marca a reabertura da temporada. 

“Ano passado, fiquei muito feliz por ter ajudado a equipe a conquistar o bicampeonato, e fico muito feliz por ter sido MVP da final, e ter feito bons jogos pelo clube e com a seleção também. A pandemia veio num momento ruim, mas mantive meu foco, voltei para o clube, continuei meus treinamentos, priorizando a parte física. Vinha há uns dois meses sem treinar com bola, só correndo. Agora faz três semanas que a gente está treinando com o time, e estou bem empolgada para esse torneio. Se Deus quiser, essa pandemia passando, estarei pronta para servir à seleção”, afirmou a atacante, em entrevista para o Globo Esporte.

O torneio será disputado por oito dos nove times da WNSL, já que o Orlando Pride, de Marta e Camilinha, teve de desistir de participar após seis jogadoras testarem positivo para Covid-19.

“Pegou todo mundo de surpresa. É uma notícia que ninguém gostaria de receber, ainda mais faltando uma semana para o torneio. Infelizmente aconteceu com o Orlando. A insegurança aumenta, claro, todo dia a gente está em risco, quando precisa ir ao mercado, até mesmo em um treinamento”, finalizou Debinha.


Itens que todo fanático pela Seleção Brasileira vai amar ter

Clique nos links abaixo para comprar os produtos:

1. Álbum de Figurinhas Seleção Brasileira Rússia 2018. A Maior Campeã de Todos os Tempos (+ 10 Envelopes) 

2. Copo Chuteira 370 Ml Jogador Cbf Globimport Transparente 

3. Camiseta Nike Brasil Torcedor Réplica 18/19 

4. A camisa amarela da seleção brasileira

5. Chinelo Slim Brasil, Havaianas, Feminino 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!