Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » LIGA DOS CAMPEÕES!

De azarão a semifinalista: Conheça o Lyon, adversário do Bayern de Munique na Liga dos Campeões!

Equipe francesa está em busca do título inédito da competição europeia

Izabella Macedo Publicado em 18/08/2020, às 15h09

De azarão a semifinalista: Conheça o Lyon, adversário do Bayern de Munique na Liga dos Campeões
De azarão a semifinalista: Conheça o Lyon, adversário do Bayern de Munique na Liga dos Campeões - GettyImages

Quando falamos que esta edição da Liga dos Campeões está completamente indefinida é porque os times que chegaram até às semifinais realmente não estão de brincadeira e totalmente focados no título.

O Lyon surpreendeu ao derrotar o Manchester City, de Aguero e Gabriel Jesus no último sábado, 15, por 3 a 1 em uma partida muito equilibrada, mas que foi dominada pelos franceses na fase final.

Classificados como as "zebras" da competição, já que geralmente Real Madrid, Barcelona e Juventus que lutam pela taça, a equipe comandada por Rudi Garcia teve muita garra e também sangue frio para eliminar um a um e ficar a poucos passos da vitória.

Agora, a equipe encara o Bayern de Munique nesta quarta-feira, 18, às 16h para ver com quem fica a vaga da finalíssima do torneio.

Por esse motivo, o SportBuzz preparou um grande resumo para que você conheça melhor o time que surpreendeu a todos e está muito próximo do seu título inédito na Champions League.

O Olympique Lyonnais, mais conhecido apenas como Lyon, surgiu após um desacordo entre as secções de rugby e de futebol do clube multidesportos Lyon Olympique, que existia desde 1899.

Antes de 1966, o clube teve um bom sucesso vencendo o Campeonato Francês em 1910 e em 1920, garantindo seu novo estádio, o Stade de Gerland.

O clube ainda teve que esperar 10 anos até vencer a Ligue 2, o 1º troféu estabelecido, em 1951. No entanto, o Lyon foi novamente rebaixado para a Ligue 2, depois de apenas uma temporada na Ligue 1. 

Depois de ser comandado por Julien Darui que reconstruiu o elenco, o clube foi novamente promovido à Ligue 1, pela segunda vez em 5 anos e a partir daí construiria uma história recheada de títulos no torneio.

Jean-Michel Aulas tomou o controle do clube em 1987 e investiu pesado para transformar o Lyon em uma equipe estável na Ligue 1 e também para desenvolver o clube a nível europeu. 

Na primeira temporada com Raymond Domenech, o Lyon terminou a Ligue 1 em 8º, não sendo rebaixado.

Domenech levou o clube ao 5º lugar na sua segunda temporada, o que garantiu ao Lyon um lugar na Taça UEFA. A qualificação europeia foi alcançada depois de apenas dois anos na Ligue 1, e apenas quatro anos depois de Aulas ter assumido o controle.

A ERA JUNINHO PERNAMBUCANO

Juninho Pernambucano quando atuava pelo Lyon (Crédito: GettyImages)

 

Nos primeiros anos do século XXI, o Olympique Lyonnais dominou a Ligue 1 francesa. Depois de conquistar o segundo lugar em 2001, o clube, liderado pelo brasileiro Juninho Pernambucano conquistou sete títulos consecutivos na Ligue 1, entre 2002 e 2008.

Dessa forma, o clube tornando-se o primeiro clube francês na história a conseguir esse feito e a partir daí, virou uma verdadeira máquina de vencer no futebol francês, naquela que seria o melhor momento de sua história.

Sua temporada seguinte foi ainda melhor, já com a preferida camisa 8, conseguiu conquistar o segundo título consecutivo na Ligue 1, além de terminar como artilheiro e maior assistente da equipe no campeonato e na temporada.

Na decisão da Supercopa da França de 2003, deu duas assistências para a vitória por 2 a 1 sobre o Auxerre e o Lyon levou o troféu.

E não parou por aí: na temporada 2003-04, o terceiro título da Ligue 1, desta vez Juninho não terminou como artilheiro da equipe, mas foi o principal jogador daquela conquista e o vice artilheiro do time na liga.

De um clube modesto e desconhecido, o Lyon estaria entre as maiores força no país.

Hoje, o brasileiro é o diretor de futebol do clube francês.

COMO FOI A TEMPORADA DO LYON?

Elenco do Lyon no aquecimento (Crédito: GettyImages)

 

Por conta da pandemia de coronavírus, as autoridades francesas optaram por encerrar o Campeonato Francês de forma antecipada, mas o clube foi a público se manifestar contra essa decisão, que declarou o Paris Saint-Germain como campeão.

Ocupando a sétima posição na tabela de classificação, o time ficou de fora das competições europeias na próxima temporada e temia a falta de ritmo de jogo contra a Juventus na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões.

A classificação em Turim deixou o elenco ainda mais confiante, ainda mais porque antes, havia batido de frente diante do PSG na final da Copa da Liga da França, que acabou no 0 a 0 durante todo o tempo normal e também na prorrogação.

O PSG foi o campeão depois de vencer nos pênaltis por 6 a 5, um placar de se orgulhar.

Outro ponto importante para aumentar ainda mais a confiança dos jogadores foi o retorno do atacante holandês Memphis Depay. Ele seria um desfalque na Liga dos Campeões caso o torneio acontecesse nas datas antes programadas.

Assim, ele se recuperou da grave lesão no joelho sofrida em dezembro e virou reforço para o time. Depay foi o autor do gol de pênalti do Lyon em Turim em uma cobrança de cavadinha cheia de confiança.

Sob o comando do francês Rudi Garcia, o Lyon variou táticas antes de se consolidar em um esquema com três zagueiros. A mídia local aponta o meio-campo revelado pelo clube, o francês Houssem Aouar, como o melhor jogador da temporada. 

A virada da chave no Lyon aconteceu depois da realização de um torneio em que disputou como sede em julho. O time que buscava ritmo de jogo, fez dois jogos e se assustou ao perder do Rangers por 2 a 0 na estreia, mas recuperou a confiança ao vencer o Celtic por 2 a 1.

QUEM SÃO OS BRASILEIROS DO LYON?

No elenco, estão seis brasileiros que buscam fazer história, levando o time ao seu primeiro título europeu. Entre os nomes estão jovens, veteranos, quase anônimos no futebol brasileiro e uma das promessas para o futuro da Seleção Brasileira.

Bruno Guimarães

Volante Bruno Guimarães, do Lyon (Crédito: GettyImages)

 

Por ter se destacado no Athletico-PR, o volante passou a ser sondado por diversos times da Europa, e depois de algumas propostas, optou por defender as cores do Lyon.

Com 22 anos, Bruno é considerado uma das promessas para o elenco da Seleção Brasileira, ainda mais depois da sua atuação na categoria olímpica e nos demais times que já atuou.

Marcelo

Zagueiro Marcelo, do Lyon (Crédito: GettyImages)

 

O jogador ex-Santos, que soma passagens por times conhecidos como PSV, Hannover e Besiktas, fechou com o clube francês em 2017. Assim como o companheiro, o zagueiro é titular absoluto no elenco.

Marçal

O lateral é brasileiro, mas fez quase toda a sua carreira fora da sua terra. Para se ter uma ideia, antes de ir para Portugal, onde atuou por Torreense, Nacional e Benfica, o atleta jogou apenas pelo Guaratinguetá.

Antes de chegar ao futebol francês, ainda chegou a ser emprestado para um time turco para defender, também por empréstimo, o Guingamp. Em 2017 chegou ao Lyon e, hoje, é titular absoluto no time.

Thiago Mendes

Thiago Mendes, do Lyon (Crédito: GettyImages)

 

Este velho conhecido do torcedor do São Paulo, chegou ao Lyon no meio de 2019, vindo do Lille, time pelo qual atuou depois do Tricolor paulista. Aos 28 anos, o volante, que foi revelado pelo Goiás, não tem sido titular na equipe francesa, mas entra em praticamente todos os jogos.

Jean Lucas

Mais um volante e que também chegou no meio de 2019, o ex-Flamengo e Santos foi negociado com a equipe francesa pelo Rubro-Negro enquanto ainda estava emprestado ao clube da baixada.

Jean Lucas também está entre os reservas, mas não costuma entrar com tanta frequência, a última atuação foi em abril, contra o PSG, pela Copa da França.

Rafael

Lateral Rafael, do Lyon (Crédito: GettyImages)

 

O lateral, que vem da base do Fluminense, mas que não chegou a jogar profissionalmente no Brasil, tem passagens pela seleção e títulos importantes com o Manchester United, sendo três da Premier League e um do Mundial de Clubes. 

Seu irmão gêmeo idêntico, Fábio, também é jogador e atuou ao lado dele no clube inglês, mas hoje é seu rival na Ligue 1, defendendo o Nantes. 


5 itens de times internacionais que todo amante do futebol vai querer ter

1- Camisa Juventus 1985 Retrô - https://amzn.to/2JeQQgo

2- Caneca Scandinavia Real Madrid - https://amzn.to/2oh7iWs

3- Porta Tênis c/ 2 divisões Manchester City - https://amzn.to/32GlAin

4- Funko Pop! Paris Saint-Germain Kylian Mbappé - https://amzn.to/2pJkLGO

5- Bola Bolsa Esportiva Barcelona - https://amzn.to/2MGSGsQ

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!