Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » POLÊMICA!

Danilo, da Juventus, defende Superliga e dispara contra Uefa; confira!

Lateral da Juventus, Danilo condenou as ameaças proferidas pela entidade

Redação Publicado em 23/04/2021, às 16h24

Danilo é titular absoluto da Juventus
Danilo é titular absoluto da Juventus - GettyImages
Após o fim da Superliga Europeia depois de poucos dias de existência, o assunto ainda é tema no futebol europeu. Mesmo com o fracasso, alguns jogadores defendem a ideia da criação de uma nova liga. Um desses exemplos é do lateral Danilo, que pertence à Juventus.
 
Em entrevista à Sky Sports, da Itália, Danilo soltou o verbo e analisou a criação da Superliga Europeia. Para ele, a ideia poderia ser útil para forçar algumas mudanças no futebol mundial, já que a pandemia de coronavírus impactou diversas áreas do esporte.
 
 
Eu penso que, se os 12 clubes aceitaram este novo projeto, é porque viram que são necessárias algumas mudanças no futebol. Não sei se este projeto teria sido o melhor, mas agora devemos falar todos sobre algumas mudanças para salvar o futebol, porque o Covid teve impacto em todas as áreas da vida, e também no futebol”, iniciou Danilo.
 
O presidente já falou anteriormente, já nos disse para estarmos tranquilos, que ele queria fazer algo de bom para o futebol, para todos nós. Mas nós, os jogadores, já temos tanta coisa em que pensar, com os jogos, os treinos, não nos podemos permitir gastar energias com uma Superliga que não foi para a frente”, completou.

DURAS CRÍTICAS À UEFA

 
Ainda na mesma entrevista, Danilo aproveitou o espaço para disparar duras críticas contra a UEFA. Segundo ele, a entidade não vem se preocupando com a saúde dos jogadores em meio à pandemia. Além disso, o lateral condenou as ameaças proferidas por conta da criação da Superliga.
 
Eu penso que se a Uefa se preocupasse tanto com os jogadores não nos faria viajar tanto em meio de uma pandemia, não nos faria jogar tantos jogos num ano tão difícil. Posso dizer que, para mim como jogador, não foi agradável ser ameaçado pela Uefa e pela Fifa”, finalizou.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!