Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » ESCLARECIMENTO!

Cuca se pronuncia após deixar o cargo de treinador no São Paulo

Técnico não aguentou a pressão após a derrota por 1x0 contra o Goiás

SportBuzz Digital Publicado em 26/09/2019, às 15h31

Cuca - São Paulo
Cuca - São Paulo - Divulgação/Felipe Ruiz

Não aguentou a pressão! Após a derrota por 2x0 na última quinta-feira, 26, no Estádio do Morumbi contra o Goiás, pela vigésima rodada do Brasileirão, o técnico Cuca não é mais o comandante do São Paulo FC. 

A notícia foi confirmada na tarde desta quinta-feira, 26, pelo Globo Esporte. Momentos após a veiculação da notícia, o clube se reapresentou no Centro de Treinamento e tanto Cuca, quanto Rai falaram um pouco sobre o ocorrido. 

Logo no começo da coletiva, o Diretor de Futebol do Tricolor Paulista disse que classifica o momento como algo triste de se passar e logo deu o microfone para o ex-treinador, que deu seu parecer sobre o acontecimento. 

"Reforçamos a nossa confiança e hoje na chegada ao CT o Cuca nos comunicou algo que ele que vai transmitir a vocês. Vocês já têm a repercussão. Um momento que não é agradável, triste. Cuca e sua comissão e passo a palavra pra ele", disse Rai.

“Estou pensando mais no São Paulo do que em mim. Deixo ao Raí e ao Pássaro a chance de criarem um fato novo... Pelo grupo que tem, acho que poderíamos estar numa posição melhor”, avalia Cuca.

"Não sei te dizer ao certo qual o problema. Se eu soubesse qual o problema eu falava. Vocês bateram muito no tem a padrão de jogo. Eu queria explicar que todo ser humano tem sua característica, eu tenho a minha. Qual é a característica do Cuca? Eu gosto de marcação na frente, rápido. Não gosto de time que tem morosidade. Às vezes ser mais objetivo e infelizmente meu estilo não combinou. Não é por isso que eles não são bons, eles são ótimos. Mas não encaixou. Eu falei para o Raí e Pássaro, por isso que saí. Teve uma ideia de falarmos com você e foi entendido. Você acha que eles estão contente e eles também? Como falei com os jogadores eles vão vingar e vão dar uma arrancada", continuou o ex-São Paulo.

Por fim, Cuca ainda disse que deseja toda sorte ao clube e deixa o trabalho com uma sensação negativa, afinal, gostaria de sair vencedor, como costumou fazer em grande parte de sua carreira.

"Quero agradecer Raí, Pássaro e Leco. Se as coisas não saíram certo não foi por culpa deles. Não deu liga no que eu penso de futebol. Esperei muito tempo para vir para o São Paulo e esperava sair com conquistas e não aconteceu. Desejo sorte ao São Paulo", pontuou ele. 

RETROSPECTO! 


A passagem de Cuca pelo Tricolor Paulista não foi tão proveitosa quanto esperavam. Ao todo, foi um aproveitamento de 47,7%, tendo em vista o total de 26 partidas, sendo nove vitórias, dez empates e sete derrotas. Mesmo com um elenco prestigioso, o treinador não conseguiu dar liga ao elenco, que não apresentava consistência no trabalho.

Nos últimos 18 pontos disputados, apenas cinco conquistados. Além das derrotas para Goiás, Internacional e Vasco, os empates contra Grêmio e CSA marcaram o desempenho de Cuca em seu último afazer profissional.

Desde o começo de 2018 passaram pelo cargo de técnico do São Paulo Dorival Júnior, Diego Aguirre, André Jardine e Cuca, além do próprio Vagner Mancini como interino. A expectativa é que Mancini siga no trabalho até que seja pensada alguma opção que substitua o interino para o final da temporada, ou quem sabe, no próximo ano.

"Atenção: Vagner Mancini vai treinar o São Paulo no jogo de sábado, no Maracanã, contra o líder Flamengo. Coordenador assume a equipe de forma interina para o jogo. Cuca pediu demissão há pouco no CT", disse o jornalista Marcelo Hazan, do Globo Esporte. 

DESABAFO! 

Na noite desta quarta-feira, 25, o São Paulo entrou em campo com o Goiás, no Morumbi, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com gol de Leandro Barcia, a partida terminou em 1 a 0 com a derrota do tricolor paulista.
Em entrevista coletiva após o fim do jogo, o técnico Cuca desabafou sobre a insegurança do cargo devido aos últimos resultados negativos.

“Se você está em um time grande e não consegue ter um aproveitamento bom, você não se sente seguro”, disse Cuca. “Não me sinto confortável, queria estar disputando o título. Quando acontece um revés assim, lógico que não me sinto confortável, assim como a diretoria não deve se sentir confortável. Mas, temos que ter confiança de que vamos conseguir reverter”, disse ele.

Em seguida, o treinador comentou sobre os xingamentos que ouviu da torcida:

“O sentimento é ruim, porque a gente não está acostumado [a ser xingado], mas entendo e dou razão a eles. Se eu tivesse no lugar deles, estaria xingando o treinador do meu time que não ganha do CSA, do Goiás e outros jogos. Tem uma campanha quase igual à fora de casa. Fora de casa tem jogado melhor. Pagar ingresso como eles pagam, 21h30 vir aqui e ver meu time perder em casa iria fazer eu protestar da mesma maneira que eles protestaram.”

Por fim, Cuca avaliou a atuação dos jogadores em campo e fez críticas a Pablo e Daniel Alves.

"Hoje perdemos gols incríveis, até pênalti, com jogadores experientes. Pablo é um grande jogador, mas hoje não esteve em um bom dia. Daniel Alves perdeu um gol que não costuma perder. Os caras correram, não faltou vontade”, concluiu.

O próximo jogo do São Paulo é no sábado, 28, no Maracanã, contra o líder Flamengo.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!