Sportbuzz
Testeira
Futebol / ATLÉTICO-MG

Cuca é expulso após derrota do Atlético-MG, e árbitro relata ofensas do técnico

Técnico do Galo recebe cartão vermelho após ofensas a Leandro Pedro Vuaden, que também relata ameaça de agressão

Redação Publicado em 25/06/2021, às 08h57 - Atualizado às 08h58

Cuca é expulso após derrota do Atlético-MG e árbitro relata ofensas - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Cuca é expulso após derrota do Atlético-MG e árbitro relata ofensas - Pedro Souza / Atlético / Flickr

O ambiente não foi amigável depois da vitória do Ceará por 2 a 1 sobre o Atlético-MG, nesta quinta-feira, 24, pela sexta rodada do Brasileirão. Após o apito final na Arena Castelão, o técnico Cuca recebeu cartão vermelho ao reclamar com o árbitro Leandro Vuaden.

Na súmula, o árbitro relatou ter sido alvo das ofensas do treinador do Galo. Vuaden alegou que Cuca o xingou de “vagabundo” e o ameaçou de agressão física. “Se eu cruzar com você na rua, te dou umas (sic) tapas na cara”, teria dito o técnico enquanto o árbitro se encaminhava aos vestiários.

A derrota do Atlético-MG foi definida nos acréscimos da partida, aos 49 minutos. Em cabeceio fraco de Gabriel Lacerda, o goleiro Everson tentou segurar a bola, que foi lenta para o gol, mas falhou feio e não evitou a vitória do Vozão.

Após o fim do jogo, Cuca disparou críticas à arbitragem. Ele chegou a ser contido por membros da comissão técnico do Atlético. Em coletiva de imprensa, que não foi transmitida ao vivo, o treinador explicou a revolta com o árbitro e acusou Vuaden de deixar os jogadores do Atlético nervosos por não ter marado falta.

“E a arbitragem hoje foi muito desfavorável a nós, muito desfavorável. O Vuaden foi muito mal. No primeiro tempo, tive que acalmar os jogadores. Foram cinco minutos, os jogadores reclamando: "Ele não dá falta em mim, está ameaçando". E eu: "Calma, calma". Para depois falar da parte tática e técnica. E no final, quando eu fui falar com ele algumas coisas, da falta de critério no jogo, ele me expulsou. E depois a gente perde a cabeça. Quando você é expulso da maneira como ele me expulsou, de uma maneira indevida, você acaba xingando, falando coisa até que não devia. Mas pelo menos eu pus para fora”, disse Cuca.

Confira o relato de Vuaden na súmula

Expulsei com cartão vermelho direto, após o término da partida, o técnico da equipe Clube Atlético Mineiro, senhor Alexi Stival, por adentrar ao campo de jogo e vir em minha direção proferindo as seguintes palavras: ‘você me dá azar na vida, ainda bem que vou largar para não precisar conviver com pessoas como você. Tenho nojo. você é um gaveteiro’.

Após visualizar o cartão vermelho, continuou proferindo as seguintes palavras: ‘sem vergonha, se eu cruzar com você na rua te dou umas tapas na cara’, inclusive fazendo menção e se aproximando dizendo ‘vagabundo, vagabundo’. O mesmo foi contido e retirado por integrantes da sua comissão técnica e jogadores da equipe do Ceará.

Quando eu estava na área mista, me dirigindo ao vestiário da arbitragem, o mesmo proferiu as seguintes palavras: ‘vagabundo, vagabundo, vai ter CPI hoje porque você me pediu voto para a sua esposa’. Informo ainda que me senti extremamente ofendido em minha honra pelas palavras proferidas contra a minha pessoa.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!