Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » COLETIVA!

Cuca analisa derrota do Atlético-MG e abre o jogo sobre 'polêmica substituição'

Treinador foi bastante criticado pelos torcedores após a derrota para a Caldense

Redação Publicado em 02/04/2021, às 09h34

Cuca conheceu a primeira derrota no comando do Galo
Cuca conheceu a primeira derrota no comando do Galo - GettyImages

Na última quinta-feira, 01, o Atlético-MG entrou em campo para enfrentar a Caldense em mais uma rodada do Campeonato Mineiro. Com uma sequência de cinco vitórias, a equipe da Série A buscava manter o bom momento.

No entanto, o Galo acabou levando a virada da Caldense e conheceu a primeira derrota na temporada. Após sair na frente do placar, a equipe falhou no sistema defensivo e teve o revés por 2 a 1 confirmado.

Logo após a partida, Cuca concedeu entrevista coletiva e analisou o resultado. Para ele, a Caldense mereceu a vitória por conta da atuação ao longo do jogo. Além disso, o treinador analisou a falha que originou o gol da virada do rival.

Acho que foi uma vitória merecida pelo que eles jogaram. Não que a gente tenha jogado mal, eu não entendo que o Atlético jogou mal. Mas não jogou o que pode. Naturalmente, porque os jogadores fizeram o primeiro, segundo jogo. Falta conjunto, falta conhecimento mútuo e, sem dúvida nenhuma, falta ritmo de jogo, que vai sendo pego à medida que o tempo vai passando”, analisou Cuca.

Foi um erro de saída de bola nossa que acabou originando o segundo gol. Nós também tivemos chances para virar a partida com Sasha, Nacho, Arana. Tivemos algumas oportunidades que também poderíamos ter virado o jogo para 2 a 1. Mas eles foram felizes no arremate que fizeram de fora da área e acabaram vencendo justamente”, completou.

POLÊMICA SUBSTITUIÇÃO

Já na reta final do jogo, Cuca colocou o zagueiro Igor Rabello para tentar a vitória. Porém, o jogador entrou para atuar como centroavante. Tal medida provocou a ira dos torcedores nas redes sociais e o treinador explicou os motivos para ter tomado a atitude.

É, faltavam seis ou sete minutos de jogo. Lógico que, com eles tendo a vantagem no jogo, a bola ia ser oferecida pelo lado do campo. Como a gente tinha um time bem à frente, ia ter que ter um finalizador junto com o Sasha. Então, o Igor entrou com essa função. Até teve um ou outro lance ali que poderia ter finalizado. Mas, infelizmente, não teve resultado”, finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!