Sportbuzz
Testeira
Futebol / PONTE PRETA

CT da Ponte Preta é atacado com bombas durante treinamento

Em nota, clube informou que treino foi interrompido por um ataque com bombas e rojões

Redação Publicado em 21/06/2021, às 14h23

CT da Ponte Preta é atacado com bombas durante treinamento - Divulgação/ Ponte Preta
CT da Ponte Preta é atacado com bombas durante treinamento - Divulgação/ Ponte Preta

O CT da Ponte Preta foi atacado na manhã desta segunda-feira, 21, durante o treino da equipe. Em comunicado, o clube informou que a atividade foi interrompida depois que bombas e morteiros foram arremessados no gramado por um grupo às margens da Rodovia Anhanguera.

“A Ponte Preta condena e refuta veementemente o ataque criminoso ocorrido nesta manhã ao CT do Jardim Eulina, no final da manhã, durante o treinamento dos atletas. A instituição enfatiza que não se trata de nenhuma ação de torcedores insatisfeitos, mas, sim, de vandalismo praticado por marginais que, de posse de um veículo de cor vermelha, pararam na Rodovia Anhanguera e jogaram bombas e morteiros no gramado do CT”, escreveu o clube.

O time é o lanterna da Série B do Campeonato Brasileiro, com um ponto em cinco rodadas. No último sábado, 19, a Macaca perdeu o clássico para o Guarani por 1 a 0.

O Clube comunicou que recebeu anteriormente informações anônimas sobre a possibilidade de um ataque ao CT do Jardim Eulina, e informou a polícia, que colocou uma viatura no local.

Após o ataque, os policiais perseguiram o carro do grupo, que conseguiu escapar. De acordo com a nota, as autoridades seguem buscando a identidade dos indivíduos que participaram do ataque. Um segundo veículo estaria envolvido, como “escolta” do que é investigado.

Confira na íntegra a nota oficial da Ponte Preta:

"A Ponte Preta condena e refuta veementemente o ataque criminoso ocorrido nesta manhã ao CT do Jardim Eulina, no final da manhã, durante o treinamento dos atletas. A instituição enfatiza que não se trata de nenhuma ação de torcedores insatisfeitos, mas, sim, de vandalismo praticado por marginais que, de posse de um veículo de cor vermelha, pararam na Rodovia Anhanguera e jogaram bombas e morteiros no gramado do CT.

Um dos artefatos passou bem próximo e estourou perto dos atletas em treinamento. A segurança da Ponte Preta já tinha recebido informações anônimas sobre possibilidade de ataque e antecipadamente acionou a polícia, que estava na entrada do CT quando ocorreu o ataque e perseguiu os bandidos, que escaparam pela Rodovia Anhanguera. Todas as medidas legais já estão sendo tomadas pela Ponte Preta.

A Polícia está esclarecendo os fatos e levantando a identificação do quarteto, inclusive junto a testemunhas que viram de perto a ação na pista, e um segundo carro que teria participado da ação, “escoltando” o primeiro veículo, já teve as placas identificadas".


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!