Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » TROFÉU INCONFIDÊNCIA!

Cruzeiro vence o Patrocinense por 3 a 0 e garante classificação para a final do Troféu Inconfidência!

Raposa agora aguarda o vencedor do confronto entre Uberlândia e Boa Esporte

Izabella Macedo Publicado em 01/08/2020, às 16h23

Cruzeiro vence o Patrocinense por 3 a 0 e garante classificação para a final do Troféu Inconfidência!
Cruzeiro vence o Patrocinense por 3 a 0 e garante classificação para a final do Troféu Inconfidência! - Transmissão SporTV

Cruzeiro e Patrocinense entraram em campo neste sábado, 1, pela semifinal do Troféu Inconfidência. Em caso de empate no tempo normal, a classificação para a final será decida nos pênaltis. A outra semifinal será disputada entre Uberlândia e Boa Esporte.

O Patrocinense almeja a conquista do título, mas visando uma vaga na Copa do Brasil de 2021. A FMF tenta a liberação junto à CBF de uma quinta vaga para Minas Gerais no torneio nacional. Se conseguir, será repassada ao melhor colocado entre os times do interior que disputam o Inconfidência.

O técnico Enderson Moreira quer dar uma rodagem ao elenco, observar atletas que ainda não tiveram tantas chances e verificar outras situações de jogo, por esse motivo, a Raposa entrou em campo com algumas novidades na escalação.

Giovanni, lateral esquerdo que chegou do Bahia é a cara nova da equipe e já começou entre os titulares. Apenas Jadsom, Stênio e Maurício foram mantidos em relação ao time que enfrentou a Caldense.

Nos primeiros segundo de jogo, o Cruzeiro chegou pela primeira vez pela direita, com Thiago, que tentou o giro, mas foi travado pelo zagueiro. Uma outra boa chance aconteceu aos dois minutos, de pé em pé a Raposa foi para ataque, mas o auxiliar assinalou impedimento de Claudinho.

Claramente dominando os primeiros minutos, o Cruzeiro chegou muito bem pelo meio. Stênio escorou para Claudinho, que finalizou sem goleiro, mas viu o zagueiro afastar dentro da pequena área e quase marcar o primeiro gol.

Aos 12 minutos, o Cruzeiro tomou bem a bola no meio e saiu em velocidade e com superioridade numérica, mas Claudinho demorou para definir o passe. Maurício recebeu um pouco sem ângulo e finalizou cruzado, mas sem força, pela linha fundo.

A Raposa fez boa trama pela direita. Stênio fez a triangulação com Thiago e Jadsom e tentou a finalização do bico da grande área, mas acabou sendo travado pelo marcador. Na sobra, Giovanni subiu dentro da área, mas em posição de impedimento.

Até aqui só deu Cruzeiro no ataque, Jean cobrou escanteio fechadinho na primeira trave, Thiago subiu mais que todo mundo e deu de "casquinha" na bola, que passou por toda a extensão do gol do Patrocinense.

Com 23 minutos, um lance polêmico dividiu opiniões. Para Sálvio Spínola, houve um pênalti não marcado para o Cruzeiro. Segundo o ex-árbitro, o zagueiro do Patrocinense tocou com o braço esquerdo na bola ao dar um carrinho para bloquear a tentativa de cruzamento do Thiago.

Maurício avançou pela esquerda, entrou na área e tentou achar Thiago, mas a bola desviou em Emerson e foi em direção ao gol. Thiago Passos, com muito reflexo, evitou o primeiro gol Celeste.

O goleiro Thiago, do Patrocinense salvou o time. Filipe Machado arriscou da intermediária, com força, e o goleirão do Patrocinense rebateu para frente. Claudinho pegou o rebote e cruzou, mas não encontrou ninguém.
 
Cinco minutos depois desse lance, Filipe Machado novamente pegou a sobra próximo ao bico da grande área, pelo lado direito, e finalizou bonito, com estilo, e a bola passou bem perto da trave de Thiago.
 
A única chegada do Patrocinense aconteceu somente aos 40 minutos. Após falta ensaiada, Igor cruzou para Emerson, que subiu mais do que todo mundo, mas finalizou sem força.
 
O Cruzeiro não se intimidou e Claudinho recebeu o lançamento, dominou com qualidade, limpou bonito o marcador e finalizou rasteiro, com muito perigo ao goleiro Thiago Passos.
 
Já nos acréscimos, Emerson chegou até a linha de fundo e cruzou na primeira trave, Victor Rafael não alcançou de peixinho, Vitor Eudes saiu mal, mas levou a sorte. A bola bateu no goleiro, resvalou no atacante que ficou caído e saiu pela linha de fundo. Uma confusão!
 
Fim do primeiro tempo!
Na volta do intervalo, o Patrocinense chegou bem ao ataque após marcação do Cruzeiro vacilar pela esquerda, e Emerson cruzou fechado, mas Léo desviou antes de Gladiador finalizar.
 
A Raposa foi bem um minuto depois do lance adversário. Maurício cruzou rasteiro e forte, na segunda trave indo até a linha de fundo, mas Thiago não conseguiu finalizar.
 
O gol do Cruzeiro chegou aos 11 minutos do segundo tempo. Filipe Machado cobrou escanteio na primeira trave, Giovanni desviou, e Ramón completou no susto para as redes, já na pequena área.
Após o gol, Maurício recebeu na entrada da área e finalizou cruzado, colocado e a meia altura, mas Thiago Passos estava inspirado e evitou o segundo gol da Raposa colocando a bola pela linha de fundo.
 
Nem um minuto depois do susto, Thiago Passos novamente no lance. Thiago recebeu na esquerda, limpou bem para o meio e finalizou de fora da área, no cantinho e rasteiro, para mais uma boa defesa do goleiro do Patrocinense.
 
Por pouco Maurício não faz o dele. O jogador arrancou em velocidade pela esquerda, deixou Wisley no chão e tocou rasteiro para Roberson, que por muito pouco não chegou para finalizar.
 

De novo pela esquerda e novamente com Maurício, que cruzou forte, o Cruzeiro foi bem. Roberson conseguiu tocar na bola, mas ela foi sem direção.

A insistência uma hora dá certo e deu. Aos 31 minutos, o Cruzeiro escapou bem pela direita, e Adriano chegou à linha de fundo para cruzar na medida para Roberson balançar as redes.
 
 
Falando em insistência, Maurício, que participou praticamente de todas as jogadas do Crueiro, conseguiu deixar o dele.
 

Jean fez uma linda inversão para João Lucas, que subiu livre na esquerda e cruzou bem. Thiago Passos saiu do gol, mas não achou nada. A bola bateu nas costas de Stênio e sobrou para Maurício, que empurrou de cabeça para as redes.

Aos 37 minutos, Adriano finalizou colocado, no cantinho, mas Thiago Passos espalmou. No rebote, Machado limpou o marcador e finalizou de canhota, buscando o ângulo, mas a bola foi por cima do gol.

No lance da finalização de Machado, Wisley prendeu o pé esquerdo no gramado. Com muitas dores, o volante ficou fora de campo.

Já aos 44, João Lucas fez bela inversão para Roberson, que dominou e tocou para Marco Antônio. O garoto limpou o zagueiro e finalizou forte para defesa do goleirão.

João Lucas cruzou na segunda trave e encontrou Welinton sozinho. O garoto testou para o fundo das redes, mas o auxiliar marcou impedimento.


5 itens que todo torcedor do Cruzeiro precisa ter

1- Almanaque do cruzeiro - https://amzn.to/2MZbr9J

2- Caneca Gel Cruzeiro Escudo - https://amzn.to/32FNYBe

3- Camisa Umbro Cruzeiro Oficial 1 2019 - https://amzn.to/2W7ZAKM

4- Conjunto 4 Copos Dose Olé - Cruzeiro Escudos - https://amzn.to/2W6hAFd

5- Boné Aba Reta Cruzeiro - https://amzn.to/33PPcK2

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

 
 
 
 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!