Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / PENSAMENTO POSITIVO

Cruzeiro: Pezzolano admite atuação ruim, mas acredita em reviravolta

Cruzeiro foi superado pelo Fluminense fora de casa por 2 a 1, e no jogo da volta terá que se dedicar ainda mais para conseguir ficar com a vaga

Redação Publicado em 24/06/2022, às 08h21 - Atualizado às 09h40

Treinador do Cruzeiro, Paulo Pezzolano - Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Flickr
Treinador do Cruzeiro, Paulo Pezzolano - Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Flickr

O Cruzeiro acabou sendo superado pelo Fluminense na noite desta quinta-feira, 23, por 2 a 1 na Copa do Brasil. Depois do confronto, o técnico Paulo Pezzolano admitiu que o adversário foi superior ao seu elenco, mas disse acreditar que o time mineiro ainda está vivo na disputa das oitavas de final da competição nacional.

Em sua fala, o comandante uruguaio demonstrou que acredita em uma reviravolta com o jogo da volta, que acontece no estádio do Mineirão, em julho. Apesar de ter que trabalhar ainda mais para reverter o resultado, Pezzolano preferiu adotar um tom mais de calmaria, indicando que as coisas ainda podem mudar, que tudo não está perdido.

Canal - SportBuzz

"Temos que ficar tranquilos. É um momento de transição. Um jogo diferente do que estamos acostumados. Temos que ficar tranquilos. No Mineirão, vai ser outra coisa. Seremos locais. Torcida vai pesar muito, puxa para nós. Vai ser um jogo lindo. Vamos com esperança e com fé de virar o duelo", disse.

O técnico do Cruzeiro também destacou a qualidade do Fluminense no confronto e como esse fato acabou envolvendo o time Celeste ao longo da partida. De acordo com ele, a Raposa até tentou fazer o seu jogo funcionar, mas por conta da pressão adversária não conseguiu colocar em prática o que havia sido trabalhado nos treinamentos.

Cruzeiro e Fluminense em campo pela Copa do Brasil
Cruzeiro e Fluminense em campo pela Copa do Brasil (Crédito: Staff Images/Cruzeiro/Flickr)

"Vamos ser simples. Fomos superados no jogo, sem dúvida. Em muita qualidade, fazem muito bem. Tem qualidade individual e coletiva. Trabalham bem, como acumulam jogadores, atraem a gente, conseguem espaços para eles. Nós tentamos começar a fazer o que fazemos, hoje não deu contra uma equipe mais forte e que fez melhor coisa", apontou antes de completar.

"O lado bom? Um resultado aberto na chave. Às vezes, vou mais amargado pelo jogo, porque gostamos de jogar de outra forma, de outra maneira. Mas contra tem um rival assim, quisemos fazer outra coisa, mas não deu. Tivemos um jogador a menos, quase empatamos o jogo, mas poderíamos ter perdido por mais", analisou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!