Sportbuzz
Testeira
Futebol / BRASILEIRÃO SÉRIE B!

Cruzeiro perde para o Remo e chances de acesso à Série A do Brasileirão caem

Cruzeiro não só foi superado pelo Remo por 3 a 1, como ultrapassado pela equipe na tabela de classificação, deixando as chances de acesso mais complicadas

Redação Publicado em 29/10/2021, às 07h28

Jogadores de Cruzeiro e Remo na partida pelo Brasileirão Série B - Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Fotos Públicas
Jogadores de Cruzeiro e Remo na partida pelo Brasileirão Série B - Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Fotos Públicas

Na noite desta quinta-feira, 28, as coisas se complicaram um pouco mais para o Cruzeiro na busca pelo acesso à Série A do Brasileirão. Diante do Remo, no estádio do Independência, pela 32ª rodada da Série B, a Raposa viu um jogo com muitas emoções, principalmente nos minutos finais, além de perceber que voltar à elite não será dessa vez.

Se por um lado o Remo estava cinco jogos sem vencer, e com o triunfo da noite conseguiu se distanciar da zona de rebaixamento, o Cruzeiro, mesmo com baixíssimas possibilidades de voltar à Série A, precisava da vitória para pelo menos manter esse sonho vivo, o que não aconteceu, e o complicou no torneio.

Com o resultado de 3 a 1, o Remo chegou aos 41 pontos, subiu para a 11ª colocação e afundou o Cruzeiro, que agora tem 39 pontos, para ocupar o 13º lugar. Até que a rodada termine com todos seus compromissos, o que vai acontecer neste sábado, 30, a equipe mineira ainda pode acabar caindo mais duas posições.

Confira como as equipes entraram em campo para a partida, e como foi o jogo:

Escalações

O jogo

Primeiro tempo

No primeiro tempo parecia estar na cara que o jogo era do Cruzeiro, afinal, a equipe foi quem teve mais posse de bola nos primeiros minutos, sendo 60% contra 40% do adversário. Nas finalizações se deu bem também, chutando 11 vezes em direção ao gol enquanto o Remo teve apenas 5 oportunidades.

Ainda que o Cruzeiro tenha colocado bastante pressão, quem saiu na frente foi o Leão. Depois da cobrança de escanteio, a bola sobrou para Anderson Uchôa, que pegou de primeira e acertou no canto esquerdo de Fábio. Porém, somente alguns minutos depois, o empate da Raposa chegou com Eduardo Brock, levando o placar para o vestiário.

Segundo tempo

A volta do intervalo nem tinha acontecido direito e o árbitro expulsou Felipe Conceição pelas constantes reclamações no lance do gol do Cruzeiro. O comandante entrou no gramado para conversar com o juiz, antes do apito inicial do segundo tempo, e ele o mandou sair. Por conta disso, o reinício da partida atrasou cerca de cinco minutos.

Agora sim com a bola rolando, a segunda etapa teve um equilíbrio maior, quando o time mineiro teve a oportunidade de virar a partida com Wellington Nem, que entrou no intervalo, mas a arbitragem acabou marcando o impedimento do atacante na jogada, que em seguida foi confirmado pelo VAR.

As duas equipes continuaram pressionando, mas o Remo foi mais eficiente e marcou dois gols depois 40 minutos do segundo tempo, colocando mais pressão, emoção, matando o jogo, e as esperanças dos cruzeirenses em ao menos chegar mais perto do acesso à Série A.

Agora, como próximo compromisso, na próxima rodada o Cruzeiro recebe o Vila Nova, na segunda-feira, 1, às 19h (horário de Brasília), de novo no Independência. Já no caso do Remo, a equipe pega o Londrina, na terça-feira, 2, também às 19h (horário de Brasília), mas no estádio Baenão.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!