Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » LIBERADO!

Cruzeiro: Lateral-direito é absolvido no Pleno do STJ-AD e clube tem caminho livre para anunciar a contratação!

Jogador estava sendo julgado por um caso de doping, que aconteceu no ano passado

Izabella Macedo Publicado em 12/08/2020, às 16h27

Cruzeiro: Lateral-direito é absolvido no Pleno do STJ-AD e clube tem caminho livre para anunciar a contratação
Cruzeiro: Lateral-direito é absolvido no Pleno do STJ-AD e clube tem caminho livre para anunciar a contratação - Bruno Haddad / Cruzeiro / Fotos Públicas

Nesta quarta-feira, 12, o lateral-direito Daniel Guedes foi absolvido pelo Pleno do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem por conta do caso de doping, que aconteceu no ano passado e estava atrasando sua apresentação no Cruzeiro.

Por 3 votos a 2, o jogador conseguiu a vitória na última instância e, agora sim, está livre para assinar com o clube mineiro por empréstimo e ser anunciado oficialmente para todos os torcedores.

Daniel Guedes havia sido penalizado em 16 de julho deste ano, com oito meses de suspensão de jogos pelo fato de seu exame ter flagrado presença da substância higenamina na derrota do Goiás por 1 a 0 para o CSA, no dia 27 de maio do ano passado, pelo Brasileiro.
 
No entanto, a defesa do jogador recorreu da decisão e obteve vitória no Pleno.
 
Segundo o site Globo Esporte, entre hoje e amanhã, a defesa do lateral aguarda a baixa do processo no sistema, o que significa que o jogador já poderá voltar a atuar e ser registrado pelo Cruzeiro. 
 

Daniel Guedes pertence originalmente ao Santos, mas não vai ser aproveitado pelo clube paulista nesta temporada. Ele já havia realizado exames médicos e ortopédicos pelo clube e aguardava a decisão do julgamento no Pleno.

Sua presença nos treinamentos da Raposa também estava sendo frequente.

Para conseguir a absolvição, a defesa do jogador alegou que Daniel consumiu um suco de graviola dias antes da partida do Goiás contra o CSA, o que fez com que a substância fosse detectada no exame.

Por conta disso, o lateral teve seu nome incluído na lista de atletas suspensos pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD).

 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!