Sportbuzz
Busca
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify SportbuzzTiktok Sportbuzz
Futebol / VETERANA!

Cristiane fala sobre Arthur Elias e sonha com Olimpíada: “Não define...”

Em entrevista coletiva, Cristiane falou sobre o tratamento de Arthur Elias com as atletas e segue com o sonho da quinta Olimpíada

Redação Publicado em 28/05/2024, às 18h55

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cristiane fala sobre Arthur Elias e sonha com Olimpíada: “Não define...” - Lívia Villas Boas / CBF
Cristiane fala sobre Arthur Elias e sonha com Olimpíada: “Não define...” - Lívia Villas Boas / CBF

Nesta terça-feira, 28, Cristiane concedeu entrevista coletiva, no Arruda, antes dos últimos testes para a Olimpíada de Paris. Com chances de ser convocada para sua última competição olímpica, a atacante de 39 anos avaliou o trabalho de Arthur Elias e se mostrou muito feliz com o tratamento do treinador com as atletas.

“O Arthur ele não define muito por idade, e isso é gratificante. A gente sempre coloca que passou dos 30 (anos) não serve mais para nada, e acho que ele não enxerga assim. Ele sabe da qualidade que tem a experiência com atletas mais jovens e é bacana, a gente consegue essa integração”, afirmou.

Com quatro Jogos Olímpicos no currículo, Cristiane carrega a responsabilidade de ser a maior artilheira do torneio, com 14 gols marcados ao longo dessas edições. Além disso, a atacante participou das duas campanhas que terminaram em medalha de prata, em Atenas, em 2004, e em Pequim, na edição de 2008.

“Por mais que tenha meninas que disputaram Copa e Olímpiada, a gente consegue trazer a experiência de três, quatro Copas e Olimpíadas e dá um equilíbrio grande em campo. O Arthur nota essa diferença e vê como é importante. Em determinados momentos, acaba pesando no grupo", disse Cristiane sobre as jogadoras mais experientes.

Arthur Elias comandando treino da Seleção Feminina (Crédito: Lívia Villas-Boas / CBF)
Arthur Elias comandando treino da Seleção Feminina (Crédito: Lívia Villas-Boas / CBF)

Com mais de 20 mil ingressos vendidos para o jogo da Seleção Feminina contra a Jamaica, em Pernambuco, Cris finalizou a entrevista com o sorriso no rosto. “Estou muito feliz em saber o quanto teve de mobilização, de ter o torcedor do nosso lado. Isso conta muito. É importante a Seleção ter essa proximidade com o torcedor, não só pela televisão”, contou.