Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / SATISFEITO!

Corinthians: Vítor Pereira comenta sobre goleada e pede pés no chão

O Corinthians recebeu o Santos nesta quarta-feira, 22, em partida válida pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil e conseguiu uma goleada por 4 a 0

Redação Publicado em 23/06/2022, às 09h12 - Atualizado às 09h13

Vítor Pereira elogia Corinthians - Crédito: Getty Images
Vítor Pereira elogia Corinthians - Crédito: Getty Images

Na noite desta quarta-feira, 22, o Corinthians enfrentou o Santos no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil e saiu na frente na disputa pela vaga, goleando o rival por 4 a 0. Depois da partida, que foi considerada por muitos a melhor do Timão no ano, Vítor Pereira concedeu entrevista coletiva e falou sobre a vantagem.

Fazendo um balanço geral sobre a partida, o treinador português destacou a qualidade do jogo e a atuação consistente da equipe. Além disso, Vítor Pereira valorizou o trabalho de Fabián Bustos no Santos, mas, ainda assim, comentou que o Corinthians foi superior na partida e mereceu a vitória no primeiro jogo.

CANAL - SPORTBUZZ

"Foi um jogo de qualidade, atuação consistente, combinações bonitas, dinâmicas, um jogo bem conseguido, contra um adversário difícil, bem trabalhado pelo Bustos, mas fomos mais fortes, fomos a melhor equipe e pronto. Ganhar de 4 a 0 é um resultado importante. Coroou o bom jogo que fizemos", apontou.

Já projetando o jogo de volta, o treinador manteve os pés no chão e deixou claro que ainda não tem nada decidido. Vítor aproveitou a coletiva para mandar um recado aos jogadores do Corinthians, pedindo o mesmo nível de concentração para o confronto da Vila Belmiro, já que será uma partida diferente.

Corinthians vence Santos
O Corinthians venceu o Santos no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil - Crédito: Flickr (Ivan Storti/Santos)

"O jogo vai ser diferente, com certeza. Temos que manter os níveis de concentração e confiança. Quando essas duas coisas se alinham, a probabilidade de um bom jogo é maior. Normalmente, a crítica diz que só conseguimos jogar 45 minutos. O desafio vai ser manter o ritmo, a qualidade, a concentração, não permitir gols e procurar mais. Acho que fizemos um jogo de confiança e concentração. Um jogo em que, emocionalmente, mantemos o equilíbrio emocional e tático. Se tivermos isso, a qualidade deles aparece", comentou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!