Sportbuzz
Testeira
Futebol / LAMENTÁVEL!

Corinthians: torcedor do Boca Juniors é detido por injúria racial

Corinthians x Boca Juniors entraram em campo na noite desta terça-feira, 26, quando um torcedor argentino fez gestos de macaco para a torcida Alvinegra

Redação Publicado em 27/04/2022, às 08h26 - Atualizado às 12h31

Corinthians x Boca Juniors tem gesto racista - Reprodução/Twitter
Corinthians x Boca Juniors tem gesto racista - Reprodução/Twitter

A partida entre Corinthians x Boca Juniors acontecia dentro das quatro linhas na noite desta terça-feira, 26, pela Libertadores quando de repente foi possível observar que um torcedor argentino foi retirado da arquibancada de visitantes pela polícia do estádio, sendo acompanhado por dois torcedores do Alvinegro para outro setor da Neo Química Arena.

Alguns minutos depois, veio a notícia de que ele havia sido detido pela Polícia Militar e levado ao Jecrim (Juizado Especial Criminal) dentro do próprio estádio depois de ser flagrado imitando gestos de macacos em direção aos torcedores do Corinthians. Na imagem que circula nas redes sociais, é possível observar que outro torcedor também registrava o caso de racismo.

Canal - SportBuzz

Por conta disso, o homem acabou sendo detido logo no intervalo da partida. Ele foi levado ao DOPE (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) e enquadrado no crime de injúria racial (artigo 140, parágrafo 3º), que prevê prisão de um a três anos além do pagamento de multa. As mesmas imagens que estão nas redes já estão sob posse da polícia.

Inclusive, é importante destacar que o Jecrim não pôde julgar a atitude do argentino que foi detido porque só trata de crimes com pena prevista de até dois anos. Após o acontecido, e até o momento da publicação desta matéria, o Boca Juniors não se pronunciou sobre o assunto em suas redes sociais e nem mesmo emitiu uma nota em seu site oficial.

Corinthians x Boca Juniors em campo pela Libertadores
Corinthians x Boca Juniors em campo pela Libertadores (Crédito: GettyImages)

 

Depois do acontecido, alguns membros do Consulado da Argentina no Brasil procuraram os representantes da Polícia Militar na Neo Química Arena em busca de maiores informações sobre o caso. Por meio de nota oficial, o Corinthians se manifestou repudiando a atitude do torcedor argentino e agradecendo a ação rápida da polícia.

Cerca de 2.500 ingressos foram disponibilizados para venda para os torcedores do Boca Juniors para o jogo válido pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores. Com isso, o Corinthians cedeu parte do Setor Sul para conseguir aumentar a capacidade do setor dos visitantes, que geralmente costuma receber somente 1.500 pagantes.

Torcedor liberado

Leonardo Ponzo, torcedor do Boca Juniors que imitou um macaco na partida contra o Corinthians pagou a fiança no valor de R$ 3 mil nesta quarta-feira, 27, e foi liberado pela manhã para voltar à Argentina. De acordo com o delegado, ele foi enquadrado no crime de injúria racial, e por conta disso tinha o direito de paga a fiança para deixar a prisão.

É válido lembrar que a pena para um caso desse é de um a três anos de detenção. O River Plate informou que vai analisar o caso para avaliar se o torcedor vai ser suspenso de acompanhar as partidas tanto na Argentina como no Brasil. O torcedor do Boca foi detido pela Polícia Militar ainda durante o intervalo da partida.


 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!