Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » EITA!

Corinthians é processado em mais de R$ 1 milhão por dívida referente à compra de Gabriel; entenda!

Empresa ainda alega que multas e correções deixam o valor três vezes maior do que o inicial

Izabella Macedo Publicado em 31/08/2020, às 18h25

Corinthians é processado em mais de R$ 1 milhão por dívida referente à compra de Gabriel
Corinthians é processado em mais de R$ 1 milhão por dívida referente à compra de Gabriel - GettyImages

O Corinthians tem mais um problema jurídico para lidar.

Desta vez, a cobrança é referente à contratação do volante Gabriel, em 2017. A empresa Mamabru, formada pelos empresários Marcelo Robalinho, Marcelo Goldfarb e Bruno Paiva, move ação para receber R$ 1, 1 milhão.

Quando fechou a contratação do jogador, o Timão concordou em pagar R$ 2,578 milhões para contratar Gabriel. O jogador tinha acabado de deixar o Palmeiras e estava vinculado ao Monte Azul, clube do interior de São Paulo utilizado por empresários para registrar atletas.

Deste montante, o Monte Azul ficou com apenas com R$ 51,5 mil. Por contrato, os agentes teriam que receber R$ 2,526 milhões em dez parcelas.

O Corinthians, de acordo com os autos do processo, transferiu apenas R$ 2,16 milhões para a Mamabru.

Depois disso, a empresa alega não ter recebido mais nada do clube paulista e assim, ficou uma dívida de R$ 363 mil. Porém, a empresa alega que agora a dívida é três vezes maior por conta de multas e correções.

Nesta segunda-feira, 31, o juiz Sang Duk Kim, da 7ª Vara Cível de São Paulo, determinou que o Corinthians tem três dias para pagar o débito. Caso isso não aconteça, o clube pode sofrer penhoras. 

Gabriel não é mais agenciado pelos sócios da Mamabru desde o ano passado.

Ainda assim, cabe recurso, que deve ser adotado pelo clube Alvinegro.


 
 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!