Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » SERÁ?

Corinthians: Diretor vê negócio adiantado com Jô e afirma que gasto não será maior do que foi com Vagner Love

Alvinegro está otimista com a contratação do atacante, mesmo em meio a problemas financeiros

Izabella Macedo Publicado em 16/06/2020, às 18h16

Diretor do Corinthians vê negócio adiantado com Jô e afirma que gasto não será maior do que foi com Vagner Love
Diretor do Corinthians vê negócio adiantado com Jô e afirma que gasto não será maior do que foi com Vagner Love - GettyImages

A cada notícia que sai sobre a possibilidade de Jô voltar ao Corinthians, o coração dos torcedores acelera cada vez mais rápido.

Em entrevista à Rádio Transamérica, o diretor de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, deu mais detalhes sobre a negociação.

Mesmo que as tratativas tenham começado antes da saída de Vagner Love, Duílio entende que a contratação do centroavante se tornou uma necessidade depois que a rescisão do camisa 9 saiu e que para contratá-lo, prometeu não gastar mais do que gastava com Love.

"Estamos falando de um único contrato. E estamos falando de valores que não vão ultrapassar o teto salarial do clube, isso vale para qualquer atleta. Para que os números fiquem bons e não ultrapassem a folha salarial de antes da saída do Love", disse Duílio quando questionado se havia a possibilidade de Jô ser contratado por empréstimo antes do contrato definitivo.

Assim como os demais dirigentes Alvinegros, Duílio também se mostrou bem confiante quanto ao retorno de Jô ao clube.

"Estamos conversando sobre salários, existe esse momento de pandemia. Temos muita calma. Esperamos que o Corinthians chegue nos valores. A vontade do Jô em voltar também pesa. Não vou dizer que está muito adiantada, mas está adiantada, sim. Espero que em breve a gente tenha uma boa notícia", contou.
Em entrevista ao site Globo Esporte no início do mês, o diretor de futebol admitiu monitorar diariamente a situação do centroavante. No começo de maio, inclusive, o presidente Andrés Sanchez já havia afirmando que a chance de Jô voltar era grande.

"Os únicos movimentos do Corinthians nessa paralisação no mercado foram a venda do André Luis a um clube da Coreia do Sul e a negociação com o Jô. Tivemos a saída do Vagner Love, entendemos que é uma necessidade do grupo o Jô. E é a única coisa que existe. O resto é especulação", finalizou.

Jô foi formado nas categorias de base do Corinthians e ficou até 2005 na equipe, sendo campeão paulista em 2003 e brasileiro em 2005. Em 2017, ele voltou e também foi campeão dos dois torneios.


 

 
 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!