Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EXCLUSIVO!

Corinthians: Danilo Avelar relembra final polêmica contra o Cruzeiro e abre o jogo sobre gols em São Paulo e Palmeiras

Em entrevista exclusiva ao SportBuzz, o lateral do Timão comentou sobre a importância do clube em sua carreira

Redação Publicado em 04/02/2021, às 13h44 - Atualizado às 15h17

Danilo Avelar em ação pelo Corinthians
Danilo Avelar em ação pelo Corinthians - GettyImages

Danilo Avelar chegou ao Corinthiansem junho de 2018 e assumiu a titularidade logo de primeira. Na época, a equipe alvinegra buscava um substituto para Guilherme Arana, que havia deixado o clube para se aventurar no futebol espanhol. 

 

Com características totalmente diferentes, mais defensivo e forte na bola área, a torcida do Timão demorou para reconhecer a importância do lateral para o esquema do time. Em entrevista para o SportBuzz, o defensor abriu o jogo sobre o seu difícil início no clube e sua volta por cima. 

Avelar contou para a reportagem que já esperava certa dificuldade em seu começo de carreira no Corinthians. Buscando sempre o seu melhor, o atleta deu detalhes dessa mudança de estilo de jogo, já que na época em que chegou ao time alvinegro, estava há nove no futebol europeu. 

"Na verdade eu já tinha um pouco de noção que eu teria algum tipo de dificuldade de adaptação. Até porque foram quase nove anos na Europa e você vir para o Brasil, num cenário onde te exige de imediato, é óbvio que tem os pontos de interrogações e expectativas e talvez até frustrações", disse.

Avelar ainda continuou: "Eu sabia que encontraria um cenário um pouco turbulento, porque além do lado pessoal, existe também o coletivo e nada adianta o pessoal render e o coletivo não e vice-versa.  Eu sabia que poderia encontrar um cenário turbulento e que iria exigir adaptação e, no Brasil, ela precisa ser imediata, pois se não ela se torna em críticas". 

Apesar de ter chegado em um ano turbulento no Corinthians, onde a equipe estava sofrendo por dificuldades dentro e fora dos gramados, o jogador ainda teve a oportunidade de disputar uma final de Copa do Brasil, lá em 2018. A decisão acabou sendo muita polêmica, depois de um gol marcado por Pedrinho e anulado pelo VAR na Neo Química Arena. 

Questionado sobre esse momento, Danilo Avelar afirmou que não concorda até hoje com a suposta falta cometida por Jadson em Dedé no lance do gol. De acordo com ele, se não tivessem anulado aquele tento, o Timão poderia ter tido outro destino na competição. 

"A final contra o Cruzeiro eu concordo que houve um exagero naquela falta, que ao meu ver nem foi, do Jadson em cima do Dedé. Até vendo o lance depois que a bola entra no gol, o Dedé desaba no chão e não acho que foi falta. Poderia sim ter mudado totalmente o panorama da partida", explicou. 

Apesar da frustração no final de 2018 com a Copa do Brasil e com as críticas da torcida, veio 2019 e Avelar começou a engrenar na equipe. Com a chegada de Carille e novos reforços, o time se fortaleceu e o lateral começou a se destacar, principalmente quando assunto era clássico. 

Para ser mais específico, o dia 2 de fevereiro de 2019, na tarde de um sábado, no Allianz Parque, Danilo Avelar conseguiu sua redenção. Numa partida complicada contra o Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, o lateral aproveitou o cruzamento e fez um belo gol de cabeça. 

"Obviamente que o gol em cima do Palmeiras foi sim uma mudança radical, por mais que eu tinha começado o Campeonato Paulista bem e mais confiante, além de ter um time melhor. Então o individual estava aparecendo mais, porém fazer um gol na casa do adversário e uma vitória assim, foi um caminho que estava sendo traçado de uma confirmação. Tanto é que saímos de lá fomos campeões mais tarde e fui eleito o melhor lateral da competição", contou. 

Realmente aquele Paulistão para Danilo Avelar foi especial, além de ter marcado contra o Palmeiras, o jogador também deixou sua marca na final da competição e foi num clássico, mas dessa vez contra o São Paulo. Perguntado sobre qual gol foi o mais especial, o lateral disse: 

"Na verdade todo clássico é importante, todo gol é marcante, mas não consigo decifrar quais gols foram mais importantes. Isso porque um foi em cima do Palmeiras, que fica sempre para história, e também contra o São Paulo, que foi numa final de Paulista e de suma importância. Acredito que os dois possuem um peso gigantesco". 

Veio 2020 e o Corinthians passou por uma grande transformação. O clube tentou mudar seu estilo de jogo, trouxe Tiago Nunes para colocar em prática esse plano e Danilo, mais uma vez, teve de se adaptar. Focado em permanecer no clube, ele trocou a lateral pela zaga.

"A mudança de posição já era algo que eu tinha em mente. Eu sempre fui um lateral mais ofensivo do que defensivo e minha estrutura, meu porte físico foge um pouco dos padrões dos laterais no Brasil. Aqui priorizamos jogadores mais habilidosos, rápidos e muito ofensivos", detalhou.

"Eu vim com um perfil mais de Europa e eu sabia que aquilo poderia ser a mudança de uma posição. Acho que foi uma adaptação super rápida, tive uma resposta imediata na qual me deixou surpreso. Fiquei e estou feliz de ter mudado de posição", completou.

Questionado sobre sua permanência como zagueiro, Avelar não titubeou:"Pretendo sim continuar como zagueiro, vou buscar minha vaga e acho que tenho um longo caminho para crescer e evoluir. É uma posição que vejo muito potencial e onde posso melhorar muito, crescer muito. Então vou em busca desta consolidação".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!