Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Flamengo: Renato Gaúcho critica gramado do Athletico-PR e defende VAR em lance de pênalti

Flamengo arrancou um empate contra o Athletico-PR no último lance e Renato Gaúcho saiu satisfeito com decisão do VAR

Redação Publicado em 21/10/2021, às 07h13 - Atualizado às 07h27

Flamengo empatou com Athletico-PR e Renato Gaúcho saiu confiante - Alexandre Vidal/Flamengo
Flamengo empatou com Athletico-PR e Renato Gaúcho saiu confiante - Alexandre Vidal/Flamengo

O Flamengo conseguiu um empate milagroso no final da partida contra o Athletico-PR, em confronto válido pelo jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil. O confronto ocorreu na última quarta-feira, 20, e o time de Renato Gaúcho conseguiu uma penalidade ao final do segundo tempo, que acabou dando a equipe carioca o 2 a 2 no placar. 

 

Depois da partida, em entrevista coletiva, Renato Gaúcho abriu o jogo sobre o pênalti para o Flamengo e atuação do VAR. O treinador do Flamengo saiu em defesa da marcação da infração e deixou claro que a decisão do árbitro da partida e também do responsável pela arbitragem de vídeo foi certa. Lembrando que contra o Cuiabá, no último final de semana, houve um lance parecido para os rubro-negros, porém a penalidade não foi marcada. 

"Eu não critico arbitragem, o que eu critico é o VAR. Primeiro que domingo foi pênalti. Como foi pênalti hoje. Eu já falei, se acontece na minha área, tem que dar pênalti para o adversário. É uma regra. E não pode em cada jogo ser uma regra. Lá no Maracanã não foi e aqui foi. O lance foi parecido. Por isso falo que o VAR apita o jogo. O VAR tem que fazer o que foi feito hoje. Chama o VAR e deixa o árbitro tomar a decisão", afirmou

"O árbitro é o que manda no jogo. O VAR não pode mandar no jogo. Seguir o protocolo. O cara do VAR pode ter uma opinião, o do jogo ter uma opinião. Então quem tem que tomar decisão é o árbitro do jogo. O VAR tem que chamar o árbitro. Lance duvidoso ele chama. Não tem que decidir se foi pênalti", continuou. 

Além disso, Renato Gaúcho completou o seu raciocínio sobre a atuação da arbitragem e voltou a pedir critério: "O VAR fez o trabalho dele hoje. Chamou o Luiz Flavio de Oliveira. Ele decidiu que foi pênalti. Aliás, foi pênalti legítimo, como contra o Cuiabá. Inclusive, eu estava falando com o Nikão e ele falou que o pênalti contra o Cuiabá foi legítimo. E hoje ele deu, e domingo não deu. Eu falei: pois é, Nikão. Domingo foi pênalti e hoje de novo. O que não pode é cada jogo ter uma regra. Fica difícil".

RENATO GAÚCHO SAIU NA BRONCA COM O GRAMADO SINTÉTICO!

Além de comentar em relação a atuação do VAR, Renato Gaúcho também analisou o gramado do Athletico-PR. O treinador do Flamengo destacou negativamente o tipo de grama utilizada pelo Furacão em seu estádio, comemorou o empate e ainda se mostrou confiante na classificação para a final da Copa do Brasil diante da torcida rubro-negra no Maracanã. 

"Grama sintética faz muita diferença. É da água para o vinho. A bola fica muito viva na grama sintética. Hoje a gente já sabia das dificuldades. Eles estão acostumados com o campo. A bola fica muito viva. Essa foi a nossa maior dificuldade hoje", seguiu. Renato Gaúcho ainda completou dizendo que seu time teve boa atuação diante do Athletico-PR. 

"A minha equipe fez um bom jogo hoje. Apesar das dificuldades com o campo. Não é fácil jogar aqui, o gramado prejudica bastante a equipe visitante. A minha equipe jogou, se você for ver as oportunidades de gols que criamos, muito mais que o Athletico. Eu tenho que parabenizar a minha equipe, saímos vivíssimos aqui e agora vamos para o Maracanã, com a nossa torcida. Não é nada fácil lá, mais um jogo difícil, mas lá teremos a nossa torcida", finalizou.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!