Sportbuzz
Testeira
Futebol / EITA!

Antes da final da Copa América, Casagrande detona Neymar e Bolsonaro

Casagrande analisou as declarações de Neymar e Bolsonaro sobre brasileiro que vão torcer pela Argentina na final da Copa América

Redação Publicado em 09/07/2021, às 18h24 - Atualizado às 18h37

Neymar e Bolsonaro foram criticados por Casagrande antes de final da Copa América - GettyImages
Neymar e Bolsonaro foram criticados por Casagrande antes de final da Copa América - GettyImages

Walter Casagrande voltou a atacar Neymar, Bolsonaro e também a Copa América. Antes da final entre Brasil e Argentina, o comentarista do "Grupo Globo" publicou um texto em seu blog no "Globo Esporte", onde deixa clara a sua insatisfação com as atitudes e falas do camisa 10 da Seleção Brasileira e do presidente da república sobre a decisão do torneio. 

"Desta vez, o presidente Jair Bolsonaro e seu súdito Neymar deixaram os argentinos motivados para essa final porque, como os dois não respeitam ninguém, falaram coisas que transformaram essa partida como a mais importante da história para os nossos vizinhos. Vão jogar com muita gana, como sempre, mas desta vez estão mordidos pelas falas dos nossos falastrões", escreveu. 

Casagrande seguiu atacante Neymar e também questionou a marca que o atacante irá alcançar com a camisa da Seleção Brasileira: "O "Mr. Patriota" está perto de bater o recorde de gols com a camisa amarelinha e vai deixar o Pelé para trás de longe porque o Brasil só joga contra seleções sul-americanas, da Concacaf, da Ásia e seleções do segundo e terceiro escalão da Europa". 

"Dizer que vão torcer para a Argentina porque o Messi merece um título para não ficar injustiçado na história do futebol mundial irritou Neymar. Ficou claro que ele não tem identificação nenhum com a maioria da torcida brasileira. Aqui os grandes ídolos são Cristiano Ronaldo, Messi, Lewandowski, De Bruyne...", indagou. 

Casagrande ainda aproveitou para alfinetar Neymar e Jair Bolsonaro: "Mais de 500 mil mortos no país pela Covid-19, governo negacionista que não comprou a vacina quando deveria para poder salvar vidas, escândalo da "rachadinha" com a família Bolsonaro, violência policial nos morros do Rio matando crianças e muitas pessoas inocentes...".

Ele ainda finalizou dizendo que: "Nada disso deixa o "patriota" Neymar bravo. Mas, se falarem que vão torcer contra a Seleção, porque o Messi é o maior ídolo da garotada brasileira, isso irrita muito".


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!