Sportbuzz
Testeira
Futebol / CONMEBOL

Conmebol elabora critérios de classificação para o novo formato do Mundial de Clubes, a partir de 2021

O novo modelo contará com 24 clubes, sendo seis sul-americanos

Gabriela Santos Publicado em 17/10/2019, às 17h23

Conmebol estuda possibilidades de classificação para o novo formato do Mundial de Clubes, a partir de 2021 - Getty Images
Conmebol estuda possibilidades de classificação para o novo formato do Mundial de Clubes, a partir de 2021 - Getty Images

Na tarde desta quinta-feira, 17, a Conmebol anunciou os estádios que serão sede das finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana 2020.

Após o anúncio, o presidente da entidade sul-americana, Alejandro Domínguez, concedeu uma entrevista coletiva na sede da Conmebol, em Luque, no Paraguai.

O mandatário falou sobre os critérios de classificação para o Mundial de Clubes de 2021, quando o torneio terá um novo formato (com 24 clubes).

Domínguez declarou que a entidade estuda algumas possibilidades de classificação dos clubes do continente. Para a edição de 2021, serão seis vagas para times da América do Sul.

O presidente revelou que a Conmebol pensa no retorno da Supercopa dos Campeões da Libertadores, um campeonato disputado nos anos 90, que reúne todos os vencedores do continental em toda a história.

As outras vagas serão distribuídas para os campeões de 2019 e 2020, tanto da Libertadores quanto da Copa Sul-Americana, teriam vaga direta no Mundial de Clubes.

Assim, participariam do novo formato: o campeão da Libertadores 2019, campeão da Libertadores 2020, campeão da Copa Sul-Americana 2019, campeão da Copa Sul-Americana 2020 e as outras duas vagas seriam da Supercopa dos Campeões da Libertadores.

O torneio seria disputado entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. Todos os campeões participariam, exceto o que já estiver classificado por alguma conquista anterior.

Mas nada foi definido. As possibilidades ainda precisam ser aprovadas pelo conselho da Conmebol, formado pelos 10 presidentes das confederações sul-americanas. O Conselho se reunirá em Assunção, no Paraguai, no dia 8 de novembro. O retorno da Supercopa, portanto, não teve apoio da CBF.

 

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!