Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » DREAM TEAM

Conheça os escolhidos da France Football para o Dream Team Bola de Ouro

Cafu, Ronaldo e Pelé foram os representantes do Brasil na lista dos 11 melhores jogadores da história

Redação Publicado em 15/12/2020, às 15h40

Conheça os escolhidos da France Football para o Dream Team Bola de Ouro
Conheça os escolhidos da France Football para o Dream Team Bola de Ouro - Getty Images

Nesta segunda-feira, 14, a revista France Football divulgou os escolhidos para o Ballon d’OrDream Team, que conta com 11 melhores jogadores da história, por posição. 140 especialistas votaram para eleger os atletas numa formação 3-4-3.

O SportBuzz trouxe um pouco da história dos jogadores considerados os melhores de todos os tempos em suas posições. Confira abaixo:

Lev Yashin - Goleiro

O goleiro russo recebeu 22% dos votos e é o único atleta da posição a vencer o prêmio Ballon d’Or, em 1963. Lev Yashin passou toda a sua carreira vestindo a camisa do Dynamo Moscow. Conhecido como um dos heróis da classe trabalhadora, iniciou a carreira aos 25 anos, em 1949. Passou a infância trabalhando em uma fábrica de ferramentas e era goleiro de hóquei no gelo, mas aos 14 anos trocou pelos gramados do futebol.

Com 1,89m, revolucionou a posição como um “goleiro-líbero”, já que na época saía para interceptar cruzamentos e se lançava sobre a bola nos pés dos adversários, quando a maioria dos guarda-redes não se movimentavam fora da pequena área. O Aranha Negra, como era conhecido devido ao seu uniforme todo preto, se aposentou aos 42 anos, em 1971, e passou a trabalhar como  professor de educação física e nas comissões técnicas do Dynamo Moscow e da seleção

Lev Yashin nasceu no dia 22 de outubro de 1929. Em 1984, aos 55 anos, precisou amputar uma perna por um problema circulatório Dois anos depois sofreu um AVC, e faleceu em 1990, aos 60 anos, por um câncer no estômago.

Cafu - Defensor direito

A France Football classificou Cafu como um “modelo para a posição, capaz de defender com solidez e avançar como um atacante”. Nascido em 1970, iniciou a carreira no São Paulo, em 1989, onde jogou até 1995, quando foi para o Real Zaragoza

Voltou para o Brasil depois de 17 partidas na Espanha, onde atuou pelo Juventude e Palmeiras, mas em 1997 assinou com a Roma. Venceu o Campeonato Italiano e a Supercopa da Itália em 2001 e marcou oito gols em 218 partidas, se tornando um dos maiores ídolos do clube.

Em 2003, Cafu foi contratado pelo AC Milan, onde também brilhou vencendo seis títulos, entre eles a Champions League 2006-07. Também foi figura importante na Seleção Brasileira, onde conquistou a Copa do Mundo de 1994 e 2002, quando foi capitão do Penta, venceu a Copa das Confederações em 1997, uma Copa América no mesmo ano e outra em 1999.

Franz Beckenbauer - Defensor central

Conhecido como Kaiser(“O Imperador”, em alemão), fez história pelo Bayern de Munique, New York Cosmos e Hamburger SV. Com a Seleção da Alemanha, foi campeão da Copa do Mundo como jogador, em 1974, e como técnico, em 1990.

Venceu o prêmio Ballon d’Or por duas vezes, em 1972 e 1976, ambas vestindo a camisa do Bayern de Munique. Conquistou a Champions League três vezes pelo clube, além de outros dez títulos.

Atualmente é presidente honorário do Bayern Munique, e se aposentou em 1986 após 19 anos atuando como jogador de futebol. Entre 1984 e 1996, trabalhou como técnico de times como Olympique de Marseille e a equipe Bávara, além da Seleção da Alemanha.

Paolo Maldini - Defensor esquerdo

Um dos maiores ídolos do Milan, única equipe em que atuou, fez 902 partidas pelo clube e marcou 32 gols. Apesar de nunca ter vencido o Ballon d’Or, foi um dos três finalistas em duas ocasiões, em 1994 e 2003, perdendo para Hristo Stoichkov e Pavel Nedvěd, respectivamente.

Com a camisa do AC Milan, conquistou 26 títulos, entre eles a Champions League por cinco vezes. Atualmente trabalha como diretor técnico do clube. Paolo Maldini se aposentou em 2009 após 25 anos atuando pela equipe Rossoneri.

Lothar Matthäus - Meio-campista defensivo

Vencedor do Ballon d’Or em 1990, o jogador fez história em clubes como Borussia Mönchengladbach, Bayern de Munique e Inter de Milão, e também pela Seleção da Alemanha, onde conquistou a Copa do Mundo e a Eurocopa.

Lothar Matthaus é o único alemão a vencer o prêmio Ballon d’Or e em 1991 foi eleito pela FIFA o melhor jogador do mundo. Conquistou a Bundesliga por sete vezes pelo Bayern de Munique, e a Europa League por duas, uma com a equipe Bávara e outra com a Inter de Milão.

Xavi - Meio-campista defensivo

Único espanhol na lista, foi finalista do Ballon d’Or por três anos seguidos, mas foi derrotado por Lionel Messi em todas as ocasiões. Xavi passou a maior parte da sua carreira no Barcelona, onde conquistou 25 títulos entre eles a Champions League por quatro vezes.

Com a Seleção da Espanha, Xavi foi campeão da Copa do Mundo de 2010 e das edições de 2008 e 2012 da Eurocopa. Em 2015, depois de quase 20 anos no Barcelona, trocou o clube pelo Al-Sadd, do Qatar, onde jogou por três temporadas e é o atual técnico da equipe.

Diego Maradona - Meio-campista ofensivo

Campeão da Copa do Mundo de 1986 pela Seleção da Argentina, o gol de Diego Maradona nas quartas de final contra a Inglaterra foi considerado pela FIFA o “Gol do Século”. Além disso, foi o primeiro jogador na história do futebol a estabelecer duas vezes o recorde mundial de transferência mais cara: a primeira para o Barcelona e a segunda para o Napoli.

Diego Maradona atuou em clubes como Argentinos Juniors, onde iniciou a carreira, Boca Juniors, Barcelona, Napoli, Sevilla e Newell's Old Boys. O estádio San Paolo, em Nápoles, hoje é chamado de “Diego Armando Maradona” em homenagem ao ex-jogador, que faleceu no dia 25 de novembro de 2020.

Pelé - Meio-campista ofensivo

Considerado o maior jogador da história do futebol brasileiro e um dos maiores do mundial, Pelé é o recordista de jogos e gols pelo Santos, onde vestiu a camisa por 1116 partidas e balançou as redes 1091 vezes. 

Além disso, também jogou no New York Cosmos entre 1975 e 1977, quando se aposentou, fazendo 106 jogos e 64 gols. Com a Seleção Brasileira, venceu a Copa do Mundo de 1958, 1962 e 1970 e é o maior artilheiro da Amarelinha, com 77 gols.

Lionel Messi - Ponta-direita

Maior artilheiro do Barcelona, Lionel Messi venceu 34 títulos pelo clube, entre eles a Champions League por quatro vezes e dez Campeonatos Espanhóis. Além disso, foi eleito o Melhor Jogador do Mundo seis vezes, ficando em segundo lugar em outras cinco ocasiões e em terceiro por uma vez.

Lionel Messi passou toda a sua carreira no Barcelona, onde atua até hoje, e também é o maior artilheiro da Seleção da Argentina, com 71 gols.

Ronaldo Fenômeno - Centroavante

Ídolo por onde passou, Ronaldo Nazário jogou no Cruzeiro, PSV Eindhoven, os rivais Barcelona e Real Madrid, Inter de Milão e Milan, mas encerrou sua carreira no Corinthians. Mesmo tendo sofrido com diversas lesões em sua carreira, é o terceiro maior artilheiro da Seleção Brasileira, com 62 gols, e por anos foi o maior goleador em Copas do Mundo.

Conquistou títulos importantes por todos os clubes em que jogou, e com a Seleção Brasileira foi campeão da Copa do Mundo de 1994 e 2002, Copa América de 1997 e 1999, Copa dasConfederações de 1997, além de conquistar a medalha de bronze nas Olimpíadas de 1996. Venceu o Ballon d’Or em 1997 e 2002, ficou em segundo lugar em 1996 e terceiro em 1998.

Cristiano Ronaldo - Ponta-esquerda

Empatado com Lionel Messi, é o jogador com mais indicações ao prêmio Ballon d’Or, com 12 cada. Venceu por cinco vezes e é o único português do Dream Team. Cristiano Ronaldo é o segundo da lista que ainda está em atividade, hoje jogando na Juventus.

Também conquistou títulos por todos os clubes em que jogou, vencendo a Champions League por cinco vezes, uma no Manchester United e quatro no Real Madrid. Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro da Seleção de Portugal e foi um dos responsáveis pelos dois únicos títulos do país, a Eurocopa de 2016 e a primeira edição da Liga das Nações da UEFA, na temporada 2018-19.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!