Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » EXCLUSIVO

Conheça Matheus Henrique, jovem promessa do Coritiba

Recém-contratado pelo clube, ele acumula passagens pelo Palmeiras, Corinthians e São Paulo

Pedro Ungheria Publicado em 14/09/2019, às 08h00

Matheus Henrique
Matheus Henrique - Divulgação/Rodrigo Gazzanel

Matheus Henrique, de 19 anos, nasceu em São Paulo e desenvolveu o amor pelo futebol graças ao avô, que o levava para todas as partidas das quais participava.

Adepto do esporte desde criança, Sua carreira começou no futsal, para depois ir para o campo. Ele já integrou os elencos de base dos principais times da capital paulista, incluindo Palmeiras, Corinthians, São Paulo e Clube Atlético Juventus.

Agora, despontando no cenário profissional, ele assinou com o Coritiba para jogar no elenco sub-20 e promete ser uma das novas revelações da atualidade. 

Em entrevista exclusiva ao SportBuzz, o jovem falou sobre sua trajetória, ambições e família. Confira:

O COMEÇO

“Profissionalmente no campo eu comecei no Juventus, tinha 16 anos, antes joguei no São Paulo, mas não disputei nenhum campeonato. Dos 10 aos 13 fique lá, mas só amistoso. Passei uns três meses sem clube e depois fui para o Juventus, onde disputei o Paulistão e fiquei três anos lá”, contou ele, relembrando o começo de sua carreira.

Acostumado com as mudanças, o atleta contou que, desde cedo, os jovens trabalham psicologicamente o fato de deixar um time e ingressar em outro, sem que este tipo de novidade atrapalhe seu desenvolvimento dentro de campo.

“A gente já espera as mudanças, quando sai de um clube como o Palmeiras e vai para o rival, você sabe que vai ter comentários, você tem que ir preparado, é sua carreira, você não vive sempre em um clube, você sai de um, começa em outro e tem que honrar o manto que esta vestindo”, disse o volante.

Matheus Henrique (Crédito: Reprodução/Instagram)

 

ÍDOLOS

Durante sua passagem pelo Corinthians, Matheus treinou ao lado de grandes nomes do futebol atual, como Fagner, Jadson e Renê Junior. 

“Na primeira vez que você vê é impactante. Você não acredita, demora para a ficha cair, você pensa: 'toquei na mão desse cara'. E eles agem naturalmente, tratam bem, é um ambiente show de bola, você fica vontade. Tudo flui tranquilamente, todo mundo te acolhe, dá incentivo. Acertou show, errou vai acertar a próxima. Ver de perto Jadson, Fagner, esses caras jogando, é sacanagem”, contou ele.

Tendo como referências ídolos do futebol mundial, o volante disse que procura assistir muitos jogos de Zinedine Zidane, Tony Kross e Paul Pogba, que são atletas que atuam na mesma posição que ele e são suas inspirações. Pensando para o lado do Brasil, o atleta revelou que admira o estilo de jogo de Jean Pyerre, revelação do Grêmio.

“Dizem até que a gente se parece um pouco fisicamente”, brincou o jovem.

Matheus Henrique (Crédito: Reprodução/Instagram)

 

FAMÍLIA

Sempre muito ligado aos familiares, Matheus contou que o apoio dos mesmos é fundamental na construção da carreira, ainda mais no futebol, que é comum lidar com muita pressão e cobrança.

“Eu sempre tive apoio da família, isso nunca tive problema. Sempre tive apoio emocional, estrutura e financeiro. Isso é importante na vida de qualquer um, mas no futebol mais ainda, afinal, você está sujeito a muita pressão”, disse ele.

REFLEXÃO

Para Matheus, o futebol em sua vida é tudo! Categórico na resposta, o jovem disse que desde o momento em que criou sua identificação com o esporte, não consegue se ver atuando em outra profissão.

Pensando em um conselho que daria para ele mesmo, antes de ingressar neste sonho de conquistar o mundo jogando bola, o garoto disse que a felicidade é um dos pilares para algumas conquistas.

“Eu falaria para ele seguir firme, sempre feliz e trabalhar muito, continuar treinando forte aprimorar sempre quando tiver dificuldade e sempre estar próximo da família. Se estiver que jogar longe, joga longe, mas sempre manter contato e não dar ouvido para críticas maldosas, somente para as construtivas. Pessoas que te veem bem e querem seu mal, jamais escutar”, disse ele.

Por fim, contou que daqui 10 anos pretende poder colecionar muitos títulos e uma carreira vitoriosa, que o levaria a altos degraus como atuar na Europa pelo Manchester City e pela Seleção Brasileira.

“Daqui dez anos quero ser um cara que conquistou muita coisa, dono de uma carreira vitoriosa, que fez muitos amigos, continuar sendo bem de vida, família estruturada, todos com saúde e principalmente manter a humildade e pé no chão. Reconhecer a todos e não esquecer de ninguém”, pontuou ele.

Matheus Henrique (Crédito: Divulgação/Rodrigo Gazzanel)

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!