Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » QUEM SERÁ O PRÓXIMO?

Confira 5 treinadores que podem "cair como uma luva" no São Paulo após Fernando Diniz

O treinador não aguentou a crise interna e os maus resultados e acabou saindo faltando cinco jogos ao término da temporada

Marcello Sapio Publicado em 01/02/2021, às 17h00

São Paulo precisa correr para encontrar um novo treinador
São Paulo precisa correr para encontrar um novo treinador - Getty Images

A principal notícia desta segunda-feira, 1 de fevereiro, foi a demissão do treinador do São Paulo, Fernando Diniz, além de boa parte dos gestores de futebol.

Esse fora um dos últimos capítulos de uma conturbada relação do treinador com o clube, que teve muitos baixos e poucos altos.

 

Crises e polêmicas à parte, o principal lema é: "Quem será o novo treinador do São Paulo?". 

Com pouco tempo, a diretoria precisa ser rápida para fechar com um nome e conseguir ainda brigar pelo título.

Assim, o SportBuzz decidiu "dar uma mãozinha" e selecionou cinco nomes de treinadores que podem "cair como uma luva" no time tricolor. Confira!

CINCO TREINADORES PARA ASSUMIREM O SÃO PAULO

Miguel Schelotto (sem clube)

Schelotto tem casca e pode agregar ao São Paulo (Getty Images)

 

Começando a lista com o treinador argentino Miguel Schelotto, que tem como principal trabalho o Boca Jrs, em 2018, no qual levou os xeneizes ao vice da Libertadores.

Com uma passagem apagada na MLS, pelo Los Angeles Galaxy, ele não esconde o desejo de treinar um time brasileiro e foi até oferecido ao Palmeiras, antes de fecharem com Abel Ferreira.

Ele tem um estilo de jogo intenso e prioriza o sistema defensivo, um dos pontos fracos do tricolor. Por isso, pode ser um ótimo nome à médio prazo.

Miguel Ángel Ramírez (sem clube)

Miguel Ángel Ramírez é um dos nomes mais desejados no continente (Getty Images)

 

É simplesmente impossível não citar o treinador espanhol Miguel Ángel Ramírez. Com um trabalho surpreendente no Independiente del Valle, ele está livre no mercado desde a virada de ano.

Com a sua negociação frustrada com o Palmeiras, ele afirmou a vontade de vir para o futebol brasileiro. Mesmo tendo um acerto verbal com o Internacional, com a grnade fase de Abel Braga, pode ser que esse acordo seja desfeito.

É um treinador que prioriza muito a base e tem um estilo parecido com o Diniz, o que ajudaria na adaptação aos jogadores.

Felipão (sem clube)

Felipão é um dos técnicos mais vitoriosos do futebol brasileiro (Getty Images)

 

Um que dispensa comentários é Luis Felipe Scolari. O Felipão é um dos principais comandantes da história do Brasil, tendo como último título o Brasileirão de 2018.

Ídolo de times como Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro, ele traria casca e um futebol eficiente, além de ter o respeito de todos os jogadores.

À curto prazo, poderia dar ao São Paulo o "fato novo" para conseguir voltar à briga do título.

Tiago Nunes (sem clube)

Thiago Nunes continua sendo um técnico promissor(Getty Images)

 

Ainda na "pegada" de treinadores dos rivais, uma opção mais ousada seria a de Tiago Nunes.

Mesmo não tendo feito um bom trabalho no Corinthians, em 2020, ele ainda pode ser colocado como um dos mais promissores técnicos do país.

Ele poderia usar a "base" do Fernando Diniz, já que as ideias dos dois são correlatas.

Renato Gaúcho (Grêmio)

Renato Gaúcho está há cinco anos no Grêmio e a relação dá sinais de desgaste (Getty Images)

 

Seguindo a linha de treinadores ofensivos, o Renato Gaúcho é o principal nome nacional da atualidade.

Há cinco anos no Grêmio, o treinador conquistou diversos títulos e fez campanhas memoráveis, sendo até cotado para a Seleção Brasileira.

Desgastado no tricolor gaúcho, ele pode ser uma boa, tendo em vista que é sempre muito respeitado pelos jogadores.

BÔNUS: Abel Braga (Internacional)

Abel foi uma das surpresas do Internacional (Getty Images)

 

"Lá vem o Abelão, cheio de paixão..."

Por fim, Abel Braga, o líder do Brasileirão, pode ser um nome bom para que o São Paulo reencontre o caminho dos títulos.

Como o seu contrato vai até o final da temporada e o Internacional tem um acerto verbal com Miguel Ángel Ramírez, caso o time colorado concretize essa troca, o experiente treinador ficaria livre.

Outro fator que pode seduzir Abel é o fato de que ele, em mais de três décadas como treinador, nunca treinou um dos quatro grandes de São Paulo.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!