Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ESPECIAL SPORTBUZZ!

Confira as 10 confusões e brigas que aconteceram em campo no ano de 2020!

Jogadores deixaram o sangue ferver após lances de entradas duras e partiram para tirar satisfações

Izabella Macedo Publicado em 01/01/2021, às 18h00

Confira as 10 confusões e brigas que aconteceram em campo no ano de 2020
Confira as 10 confusões e brigas que aconteceram em campo no ano de 2020 - GettyImages

No espetáculo que é o futebol, lances de habilidade que tiram o fôlego dos torcedores fazem parte dos jogos.

Porém, quando depois de alguma entrada mais dura, os jogadores preferem tirar satisfações, o espetáculo fica manchado.

As confusões em campo infelizmente são famosas no futebol mundial. Sempre tem aqueles da turma do "Deixa disso", que tentam separar os companheiros mais exaltados.

No ano de 2020, seja pela confusão que virou o calendário das partidas, seja pela falta do apoio das torcidas, também tivemos brigas e desentendimentos entre jogadores de times opostos.

Por conta disso, o SportBuzz relembra aqui 10 desses momentos do futebol mundial. Confira:

Figueirense x Avaí

A vitória do Avaí por 2 a 0 sobre o Figueirense, pelo Campeonato Catarinense, foi marcada por cenas de violência. 

Torcedores do Figueirense invadiram o gramado após uma suposta provocação do volante rival Bruno Silva, e o jogador tentou agredir com um chute um homem que estava imobilizado no chão. Também houve briga entre torcedores e depredação do estádio. 

O problema começou aos 38 minutos da segunda etapa, quando Bruno Silva foi substituído e teria se dirigido a torcedores do Figueira na saída do gramado. 

A partir daí, um homem invadiu o campo logo depois disso e foi até o banco de reservas do Avaí, onde foi imobilizado no chão pelo goleiro reserva Gledson. Bruno Silva então tentou agredir o torcedor com um chute, e acabou acertando também o companheiro. 

Outro torcedor também conseguiu invadir o gramado e ambos foram retirados pela Polícia Militar.

Enquanto isso, mais torcedores do Figueirense tentavam passar pela barreira na beira do campo, mas eram contidos por outros torcedores do próprio time, ocasionando uma confusão generalizada. Alguns vidros de proteção do Orlando Scarpelli foram quebrados. 

A partida ficou interrompida por pouco mais de 20 minutos. Os jogadores do Avaí chegaram a pedir o fim antecipado do jogo, mas o árbitro Bráulio da Silva Machado reiniciou o clássico e foi até o fim. 

Paris Saint-Germain X Borussia Dortmund

Rumo às quartas de final da Champions League, o PSG havia conseguido uma importante vitória de virada diante do Borussia Dortmund.

Porém, além do jogo bem jogado, a partida ainda é lembrada por um lance envolvendo o brasileiro Neymar Jr.

Após arrancar com a bola em lance de contra-ataque, o camisa 10 foi parado com falta por trás por Emre Can.

Depois do lance, os dois jogadores discutiram com as testas coladas e o alemão terminou empurrando o brasileiro, que caiu no chão. Na sequência, uma grande confusão tomou conta da partida, com empurrões para todos os lados. 

No fim, o árbitro expulsou o alemão do Borussia e deu um cartão amarelo para Neymar.

Barcelona x Sevilla

No jogo que poderia ser lembrado apenas pelo gol de número 700 na carreira de Messi, contra sua vítima preferida, o lance de destaque do camisa 10 do Barcelona contra o Sevilla ficou por conta de um momento de irritação do craque.

Perto do fim do primeiro tempo, o argentino ficou irritado com o zagueiro brasileiro Diego Carlos após uma dividida, já com o jogo parado. 

Messi foi para cima e peitou o adversário, que foi para o chão e aí deu início a uma confusão em campo, mas o árbitro não advertiu nenhum dos dois com cartão amarelo.

No início do lance, Suárez deu uma caneta no volante brasileiro Fernando e foi derrubado. A jogada deu sequência até a entrada de Diego Carlos em Messi.

Depois da discussão do argentino com o zagueiro, uma grande confusão foi iniciada, e Fernando e Busquets receberam cartões amarelos.

Paris Saint-Germain x Saint-Étiene

Durante a final da Copa da França, vencida por 1 a 0 sobre o Saint-Étienne, o atacante Kylian Mbappé lesionou o tornozelo e teve que ser substituído ainda aos 26 minutos do 1º tempo.

O lance que gerou a lesão aconteceu depois de o jogador levar um carrinho violentíssimo do zagueiro Perrin, que deu início a uma confusão generalizada.

Depois de muito empurra-empurra, o árbitro distribuiu diversos cartões amarelos e aplicou vermelho direto em Perrin.

Grêmio x Internacional

Uma das confusões mais marcantes de 2020 ficou por conta do Gre-Nal disputado pela Libertadores, que é lembrada por uma confusão generalizada dentro de campo. 

Depois de uma disputa de bola na lateral, Pepê, do Tricolor, e Moisés, do Colorado, protagonizaram um bate-boca, responsável por dar início a uma confusão que durou mais de 10 minutos.

Ao todo, o juiz argentino, responsável pelo confronto, aplicou o cartão vermelho oito vezes.

Entre os comandados de Renato Gaúcho foram: Luciano, Pepê, Caio Henrique e o suplente Paulo Miranda, já os de Eduardo Coudet: Edenílson, Moisés, Victor Cuesta e ainda Bruno Praxedes, que estava na reserva.

Além dos oito vermelhos, o árbitro da Argentina mostrou seis amarelos, sendo três para cada equipe.

Bayern de Munique x Paris Saint-Germain

Na partida que decretou o Bayern de Munique como o vencedor da Liga dos Campeões, o jogo ficou marcado pelos nervos à flor da pele.

O segundo tempo da finalíssima começou quente, com o tempo fechando logo aos seis minutos. Gnabry fez falta em Neymar e Paredes foi tomar as dores do brasileiro, o que gerou um princípio confusão no confronto.

Após a discussão, os alemães foram para cima e marcaram o gol da vitória aos 14 minutos. Kimmich recebeu de Muller na direita e cruzou com perfeição para Coman cabecear e mandar para as redes.

Santos x Flamengo

O Flamengo venceu o Santos por 1 a 0 na Vila Belmiro, com gol de Gabigol ainda no primeiro tempo, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2020.

A confusão da partida ficou por conta de Pará e Gerson, que se desentenderam depois que o Rubro-Negro deu uma entrada dura e o jogador do Peixe revidou batendo com a mão no rosto do adversário.

Logo depois que ambos caíram no chão, começou o empurra empurra e a distribuição de cartões amarelos.

São Bento x São Caetano

Os técnicos de São Bento e São Caetano, Edson Vieira e Alexandre Gallo, trocaram empurrões após discussão ao término do primeiro jogo da final da Série A2 do Campeonato Paulista, vencido pelo time do ABC.

Depois de exaltarem a amizade fora de campo nos tempos em que foram jogadores antes do início do jogo, Edson Vieira e Alexandre Gallo discutiram durante boa parte do jogo por conta da arbitragem. 

Ao fim da partida, o treinador do São Bento partiu para cima e peitou o comandante do São Caetano, dando início a uma grande confusão entre jogadores no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

O árbitro expulsou os dois treinadores, que não puderam ficar no banco de reservas da próxima partida.

Internacional x América-MG

Na disputa pela vaga na semifinal da Copa do Brasil, Internacional e América-MG protagonizaram um grande confusão logo depois do apito final e que foi para fora das quatro linhas.

Acontece que os jogadores americanos devolveram ao lateral colorado Rodnei uma provocação feita durante as batidas alternadas. O volante Rodrigo Lindoso, do Inter, apelou e partiu para a briga. O goleiro Marcelo Lomba, por sua vez, tentou agredir o meia Alê, do Coelho.

Completamente irritado, Lindoso ainda chutou o escudo do América-MG na saída de campo.

O árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo, de São Paulo, relatou a confusão na súmula da partida e expulsou Lindoso, do Internacional, e Alê, do América.

Fortaleza x Corinthians

Após o apito final de Fortaleza x Corinthians, no empate em 0 a 0, houve confusão na entrada dos vestiários. Os jogadores do Fortaleza, Mariano Vázquez e David, e Luan, do Corinthians, se estranharam. 

Na súmula, o árbitro relatou a confusão como: "Informo que após o término da partida no momento em que as equipes deixavam as imediações do campo de jogo ocorreu uma discussão generalizada, sendo dissipada pelos seguranças e oficiais de ambas as equipes", escreveu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!