Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » EITA!

Complicou, Cruzeiro! Após acordo na Justiça, clube terá que pagar R$ 15 milhões ao lateral Dodô

Pagamento integral do valor será feito somente daqui cinco anos

Redação Publicado em 11/12/2020, às 15h31

Complicou, Cruzeiro! Após acordo na Justiça, clube terá que pagar R$ 15 milhões ao lateral Dodô
Complicou, Cruzeiro! Após acordo na Justiça, clube terá que pagar R$ 15 milhões ao lateral Dodô - GettyImages

Depois de ter sido acionado na Justiça do Trabalho, o Cruzeiro pelo menos conseguiu amenizar a dor de cabeça com mais uma ação.

Desta vez o fim da discussão foi com o lateral-esquerdo Dodô, que após acordo no tribunal, receberá R$ 15 milhões.

Segundo informações do site "Superesportes", este valor é referente a rescisão contratual e o pagamento de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Apesar de ter conseguido o acordo, o dinheiro ainda vai demorar um pouco para cair na conta do jogador. Isso porque o pagamento integral do valor só será realizado daqui cinco anos, e o clube pagará ainda 60 parcelas de R$ 250 mil ao jogador.

O primeiro pagamento vencerá apenas em janeiro de 2022, com um ano de carência, portanto, acordado entre as partes.

Caso por algum motivo o acordo seja descumprido, Dodô pode cobrar o valor integralmente, além de estar acrescido de multa de 10% sobre o saldo devedor, mais juros de 1% ao mês.

O caso

Cruzeiro e Dodô discutem na Justiça desde o começo do ano, quando o atleta deixou de treinar na Toca da Raposa II. Desde então, o lateral não atua em uma partida oficial pelo clube. Com o acordo feito o atleta ficará livre para acertar com outra equipe. 

Dodô chegou ao Cruzeiro em 2019, contratado pela gestão Wagner Pires de Sá, que negociou o jogador com a Sampdoria, da Itália.

O contrato entre as partes foi questionado pela atual diretoria, que alegou má-fé por causa de cláusulas incluídas no documento, que apontava a obrigação de o clube adquirir o atleta em caso da soma de 15 pontos na Série A ou se o jogador atuasse em três partidas. 

Com isso, esse novo vínculo não foi assinado, mesmo com os quesitos tendo sido cumpridos e portanto, Dodô deixou de ganhar R$ 8,8 milhões estabelecidos em contrato, em formas de luvas e que seriam pagos em 18 parcelas, entre fevereiro desse ano e dezembro do ano que vem.

Além disso, o salário do jogador estaria bem acima do teto estabelecido nesta temporada. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!