Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS LEAGUE

Com Tuchel, Thiago Silva vai à segunda final seguida da Champions League e comemora: “Especial para nós”

Técnico e zagueiro do Chelsea disputaram a final da edição passada pelo PSG, mas foram dispensados pelo clube francês: “Não é vingança”

Redação Publicado em 05/05/2021, às 22h59

Thiago Silva, zagueiro do Chelsea - GettyImages
Thiago Silva, zagueiro do Chelsea - GettyImages

O Chelsea venceu o Real Madrid por 2 a 0 nesta quarta-feira, 5, e confirmou a vaga na final da Champions League. O time fará uma final inglesa contra o Manchester City, que eliminou o Paris Saint-Germain na última terça. Pelos Blues, dois ex-PSG disputarão a segunda decisão consecutiva da competição europeia: Thomas Tuchel e Thiago Silva.

O técnico e o zagueiro defendiam o Paris na final da Champions passada, mas foram dispensados pelo clube francês. Após a classificação do Chelsea, Thiago Silva foi questionado pela imprensa da França sobre sua saída do PSG, mas garantiu que não sente mágoas pelo ex-time.

“É especial para nós (Thiago e Tuchel). Infelizmente, o Paris não deu conta do recado, foi muito triste para mim. A chegada de Thomas Tuchel aqui mudou muitas coisas, nós merecíamos. Aqui está diferente porque todos os fins de semana jogamos "uma partida de Champions League" (na Premier League) e no final você está mais bem preparado”, declarou o jogador à “RMC Sports”.

“Não é uma vingança em relação ao PSG ... eles escolheram me deixar ir embora e o Tuchel também, é difícil explicar, mas é a escolha deles. Foi triste para mim, mas o mais importante é estar aqui com o Chelsea”, garantiu.

O zagueiro deixou o PSG ao final da última temporada após oito anos defendendo o time francês. O clube não quis renovar com o brasileiro, que acabou acertando sua ida para o Chelsea. Tuchel foi demitido no início de 2021 e logo assumiu o comando técnico dos Blues, ocupando a vaga de Frank Lampard.

O técnico alemão foi questionado pela “RMC Sports” se acha que a classificação do Chelsea foi um recado para o PSG.

“Não tenho nada a provar em comparação com o PSG, é só um presente para mim trabalhar todos os dias no futebol, ter caras todos os dias que confiam em mim e me dão a oportunidade de ser treinador”, declarou Tuchel. 

“Times como Paris ou Chelsea, eu considero isso um presente. A cultura é diferente em cada equipe. Só quero falar do Chelsea hoje, encontrei um clube muito forte, um clube voltado para a vitória. Tive muito apoio desde o primeiro dia e a Premier League é simplesmente fantástica. Não te dá a possibilidade de recuperação, você tem sempre que dar 100% e isso joga com a mentalidade dos jogadores. É um prazer ser treinador aqui”, completou.

O Chelsea vai enfrentar o Manchester City pela final da Liga dos Campeões no dia 29 de maio, em Instambul. Será a terceira disputa de título da história dos Blues, que foram vices em 2008 para o Manchester United, e campeões sobre o Bayern de Munique, em 2012.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!