Sportbuzz
Testeira
Futebol / CAMPEONATO BRASILEIRO!

Com polêmica, Atlético-MG bate Palmeiras e se isola na liderança do Campeonato Brasileiro

Na briga pela primeira posição, Atlético-MG e Palmeiras duelaram no Campeonato Brasileiro

Redação Publicado em 14/08/2021, às 20h00 - Atualizado às 20h56

Atlético-MG e Palmeiras duelaram no Campeonato Brasileiro - Pedro Souza / Atlético / Flickr
Atlético-MG e Palmeiras duelaram no Campeonato Brasileiro - Pedro Souza / Atlético / Flickr

Na noite deste sábado, 14, Atlético-MG e Palmeiras entraram em campo para disputar a 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na briga direta pela liderança, as equipes fizeram jogo bastante disputado e com polêmica de arbitragem.

Alheio a isso, o Galo soube aproveitar o fato de ter um jogador a mais durante boa parte do jogo e garantiu a vitória diante do Palmeiras pelo placar de 2 a 0. Com o triunfo, a equipe de Cuca chegou aos 37 pontos e se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro.

 

JOGO!

No primeiro tempo, o Atlético-MG partiu ao ataque e criou boas chances. Aos seis minutos, Hulk tentou deixar Vargas na cara do gol, mas parou na marcação. Aos oito, o atacante chileno finalizou e mandou por cima.

Com menos inspiração, o Palmeiras chegou ao ataque apenas aos 20 minutos. Gabriel Menino arriscou da entrada da área e parou na defesa de Everson. Sem grandes chances de gol, o jogo ficou marcado por um lance polêmico.

Aos 34 minutos, Patrick de Paula cometeu falta em Jair e acabou levando o segundo amarelo. Com isso, o volante do Palmeiras foi expulso. No entanto, a equipe paulista reclamou bastante por conta do lance da falta.

Na disputa, Patrick de Paula acabou escorregando e derrubou Jair. Sem escutar a reclamação, o árbitro Bruno Arleu de Araújo manteve a decisão. Por conta disso, Abel Ferreira foi à loucura e também foi expulso.

Voltando ao jogo, o Atlético-MG aproveitou o fato de ter um jogador a mais. Aos 43, Vargas finalizou, e Weverton fez grande defesa. No entanto, a equipe da casa balançou as redes logo depois. Aos 47, Arana cruzou e encontrou Savarino, que só completou. 1 a 0. Intervalo!

Já no segundo tempo, o Palmeiras voltou sem o auxiliar João Martins, que foi expulso na ida ao vestiário. Sem ligar para a polêmica, o Galo voltou a levar perigo no campo de ataque e quase ampliou com Hulk, que foi travado pela marcação.

Aos 16, mais um gol do Atlético-MG. Após cruzamento rasteiro de Arana, Savarino foi mais rápido que a defesa e completou para marcar o segundo. 2 a 0. No lance, o atacante chocou a perna contra a cabeça de Weverton, que precisou ser substituído por Jailson .

Mesmo com a vantagem no placar, o Galo continuou criando chances. Aos 25, Nacho Fernández arriscou e chutou por cima. Aos 27, Hulk finalizou de longe e obrigou Jailson a fazer grande defesa para evitar o terceiro.

Já na reta final do jogo, o Palmeiras pouco ameaçou a meta rival e tentou ficar com a bola para evitar mais um gol sofrido. Preocupado com a Libertadores, o Galo diminuiu o ritmo e só esperou o apito final do juiz. 2 a 0. Fim de papo! Com o revés, o Verdão segue com 32 pontos.

PRÓXIMOS JOGOS

Palmeiras x Cuiabá - Domingo, dia 22 (11h)

Fluminense x Atlético-MG - Segunda-feira, dia 23 (20h)


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!