Sportbuzz
Testeira
Futebol / COM CALMA!

Com classificação do Fluminense na Copa do Brasil, Roger fala sobre vitória após protestos: "Tentamos manter a estabilidade"

Treinador do Fluminense, Roger comemorou a classificação da equipe na Copa do Brasil diante do Criciúma

Redação Publicado em 31/07/2021, às 20h10

Roger, treinador do Fluminense, após a partida na Copa do Brasil - GettyImages
Roger, treinador do Fluminense, após a partida na Copa do Brasil - GettyImages

O Fluminense conseguiu se classificar para a próxima fase da Copa do Brasil depois de reverter o resultado do jogo de ida diante do Criciúma neste sábado, 31. A vitória também veio após protestos da torcida, e foi comentada, e comemorada pelo treinador, Roger Machado.

Em entrevista coletiva depois da vitória por 3 a 0 sobre o Criciúma, Roger Machado, que além dos jogadores, também foi alvo da torcida Tricolor, reforçou a importância de tentar blindar o ambiente internamente.

"Por maiores que sejam os problemas, nós buscamos sempre tentar manter a estabilidade que temos na parte interna. É buscar trabalhar diariamente para que as nossas emoções não estejam relacionadas ao que acontece no ambiente externo, tampouco as decisões que tomo em relação ao time, estratégia, escalação etc", disse o treinador.

Apesar da pressão, Roger mostrou entender os protestos dos torcedores, mas afirmou que confiava na recuperação do Fluminense, que tinha perdido o jogo de ida da Copa do Brasil por 2 a 1.

"É mostrar o rumo das coisas, com os números, com as avaliações objetivas e subjetivas do que estamos fazendo, e não perder o foco do que era mais importante. Por mais que as manifestações, legítimas, mostrem uma insatisfação por parte de alguns torcedores, o que a gente trata internamente é sempre manter essa tranquilidade, analisando com outra ótica. Uma ótica mais positiva e realista. A impressão que dá é que a decisão estava direcionada a favor do Criciúma, e nós sabíamos que era possível revertê-la. A gente tenta manter a tranquilidade, que é o foco maior nesses momentos mais tensos", contou.

O jogo

Neste sábado, 31, Fluminense e Criciúma entraram em campo, no Maracanã, para decidir quem iria ficar com a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil.

Depois de vencer o primeiro jogo, em casa pelo placar de 2 a 1, o Criciúma já entrou em campo com a vantagem do empate. Do outro lado, o Fluminense precisava vencer por dois gols de diferença para se classificar.

Primeiro tempo

Logo aos três minutos do primeiro tempo, Manoel acendeu a esperança para o Fluminense, abrindo o placar no Maracanã.

Depois da cobrança de escanteio, a bola continuou com o Tricolor e chega]ou até Egídio, na esquerda. O lateral cruzou, e Manoel cabeceou para abrir o placar, e fazer seu primeiro gol com a camisa da equipe carioca.

Com esse bom começo de jogo para o Fluminense, e a vitória parcial doTricolor por um gol até aqui, a decisão estava sendo encaminhada para os pênaltis.

Aos 33 minutos, depois da cobrança de escanteio, a bola ficou viva na área e Yago se jogou nela tentando a finalização, mas Gustavo conseguiu fazer a defesa.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo


Na volta do intervalo, logo aos sete minutos, o Fluminense marcou mais uma!

O camisa 39 recebeu na entrada da área depois do passe de Luiz Henrique, e chutou de primeira, de canhota. A bola entrou bem no ângulo de Gustavo, e marcou o segundo do Tricolor.

Em seguida, aos nove minutos, Gabriel Teixeira lançou Fred na direita. O camisa 9 esperou a passagem de Luiz Henrique e tocou. O jovem atacante chutou cruzado para vencer Gustavo e ampliar o placar.

O Criciúma tinha começado bem a segunda etapa, pressionando em busca do empate, mas em duas chances de ataques, o Fluminense ampliou e abriu 3 a 0, ficando com 4 a 2 no agregado, e até aqui, garantindo a vaga para a próxima fase da Copa do Brasil.

Em seguida, Maranhão recebeu na direita, girou bem e bateu colocado. Marcos Felipe se esticou todo e fez a defesa, evitando um golaço do jogador no Maracanã.

Com 32 minutos, Egídio cobrou a falta da esquerda e Ganso, livre, cabeceou para baixo quase na pequena área. A bola quicou e saiu por cima do gol. O Fluminense perdeu uma grande chance de ampliar o placar.

Aos 41 minutos, o Fluminense perdeu o autor do primeiro gol. Manoel recebeu o segundo amarelo por chutar a bola depois de o árbitro parar a jogada e foi expulso.

Fim de jogo!


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!