Sportbuzz
Testeira
Futebol / QUANTO DINHEIRO!

Chelsea recebe proposta surreal para vender suas ações

Nesta semana, Chelsea foi surpreendido com uma quantia astronômica para acertar a venda do clube, mas ainda aguarda os próximos capítulos da história

Redação Publicado em 29/04/2022, às 15h10

Chelsea segue tentando vender suas ações - GettyImages
Chelsea segue tentando vender suas ações - GettyImages

No aguardo para ser vendido, o Chelsea já tem uma proposta bilionária para negociar as ações do clube nos próximos dias. Dono da companhia petroquímica “INEOS”, o empresário Jim Ratcliffe está pronto para investir e acertar a compra dos Blues. Para isso, o mandatário da empresa está disposto a pagar cerca de R$ 26,3 bilhões.

Por meio de nota oficial, Jim Ratcliffe confirmou que está preparado para comprar o Chelsea e deixou claro que quer fazer o clube inglês ser um dos maiores da Europa. Vale destacar que o dono da companhia petroquímica já tem experiência no meio do futebol europeu por ser o acionista majoritário do Nice, da França.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Nós acreditamos que Londres deve ter um clube que reflita a estatura da cidade. Um que esteja no mesmo patamar que Real Madrid, Barcelona ou Bayern de Munique. Pretendemos que o Chelsea seja esse clube”, diz parte do comunicado divulgado para a imprensa, pela companhia liderada pelo empresário Jim Raticliffe.

Além da atual proposta, o Chelsea tem mais dois novos investidores interessados na compra do clube. Depois do lutador Conor McGregor, Lewis Hamilton e Serena Williams Chelsea:Lewis Hamilton e Serena Williams investem na compra do clube se juntaram para investir na equipe O heptacampeão da Fórmula 1 e a tenista dona de 23 títulos de Grand Slam prometem investir pesado nesse negócio.

  • Chelsea:Lewis Hamilton e Serena Williams investem na compra do clube Chelsea: Lewis Hamilton e Serena Williams investem na compra do clube
Jim Ratcliffe sorrindo
Chelsea entrou na mira do empresário Jim Ratcliffe (Crédito: GettyImages)

 

De acordo com as informações do jornal inglês "The Mirror", ambos se comprometeram a investir cada um £ 10 milhões, pouco mais de R$ 60 milhões para poder comprar o time inglês de futebol. O Chelsea está à venda desde as sanções sofridas por Roman Abramovich depois do início da guerra entre Rússia e Ucrânia.

Assim, Lewis Hamilton e Serena Williams chegaram como os possíveis investidores na oferta de Martin Broughton, ex-presidente da companhia aérea “British Airways”. Além deles, o presidente da Federação Internacional de Atletismo (World Athletics), Sebastian Coe é outro coinvestidor. A proposta do grupo é uma das três finalistas, que aguardam o resultado.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!