Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » FIM!

Vem, Champions League? Manchester City anuncia saída da Superliga

Manchester City, após muita pressão de seus torcedores deixa a Superliga e volta as atenções para Champions League

Redação Publicado em 20/04/2021, às 17h17 - Atualizado às 18h07

Após muita pressão de seus torcedores, Manchester City deixa a Superliga e volta as atenções para Champions League
Após muita pressão de seus torcedores, Manchester City deixa a Superliga e volta as atenções para Champions League - GettyImages

Nesta terça-feira, 20, após uma grande onde de protestos de seus torcedores na Inglaterra, o Manchester City anunciou sua saída da Superliga. O clube era um dos 12 gigantes, que formaram um bloco para a criação da competição, que parece estar, aos poucos, acabando para alívio da Uefa, Fifa e Champions League

 

Por meio de um comunicado oficial, os Citizens informaram que: "O Manchester City Football Club pode confirmar que promulgou formalmente os procedimentos para se retirar do grupo que desenvolve os planos de criação da Superliga Europeia".

REAL MADRID SEGUE FIRME COM SUPERLIGA

Um dos responsáveis por gerar uma das maiores discussões da história do futebol europeu, Florentino Perez abriu o jogo sobre o fim da Superliga. Em entrevista ao "L'Équipe", o presidente do Real Madrid comentou as possíveis saídas de Manchester City e Chelsea do bloco. 

De acordo com o cartola, mesmo que a dupla inglesa deixe de participar da Superliga, a ideia é de que ela continue sendo colocada em prática. Segundo o dirigente do Real Madrid, não é porque os dois gigantes ingleses vão deixar o grupos dos 12, que a competição vai ter um fim. 

Florentino Perez garantiu que nenhum clube foi pressionado a entrar no torneio e que a ideia segue firme entre os principais presidentes dos times europeus: "Não. A situação é tão grave que todos concordam em realizar esse projeto e buscar uma solução. Ninguém foi pressionado".

O presidente do Real Madrid também deixou claro que não é contra a Champions League ou o futebol, pelo contrário. Segundo o espanhol, os 12 principais clubes da Europa querem salvar o esporte e modernizá-lo para manter a categoria em alto nível. 

"Não somos contra o futebol, queremos salvá-lo. A UEFA vem trabalhando em um novo formato até 2024 que ninguém entende. Mas se não fizermos nada, em 2024, estaremos todos mortos. A equação hoje é reformar ou morrer e o presidente da UEFA prefere morrer", concluiu.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!