Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS LEAGUE FEMININA

Champions League feminina: confira algumas curiosidades sobre o campeonato

Saiba detalhes sobre a Champions League em sua categoria feminina, como artilheiras da competição, equipes participantes e marcos históricos

Ligia de Toledo Saicali Publicado em 30/04/2022, às 06h00

Barcelona x Wolfsburg, na Champions League feminina - Getty Images
Barcelona x Wolfsburg, na Champions League feminina - Getty Images

Neste sábado, 30, serão definidos os times finalistas da Champions League feminina de 2021/2022. Em uma das chaves, o Barcelona busca o arremate final sobre o Wolfsburg com uma vantagem de 3 a 2 obtida com o jogo da ida. Na outra, o PSG busca virar o jogo diante do Lyon e anular a vantagem adversária de 3 a 2. Confira em sequência alguns fatos sobre o torneio:

1.  INÍCIO E DISPARIDADE

A grande Liga dos Campeões da Europa na categoria masculina teve sua primeira edição definida em 1955, quando o Real Madrid conquistou a taça sobre o Stade de Reims por 4 a 3. A modalidade feminina do torneio só começou a ser disputada no início do século seguinte, na temporada de 2001/2002; na ocasião, o Frankfurt levou o primeiro caneco para casa sobre o Umea IK, pelo placar de 2 a 0.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

2. CAMPEONATO ÚNICO

Além de um início tardio, a Champions League feminina foi o primeiro torneio voltado para a competição entre mulheres no continente europeu e muitas vezes é nomeado como "Copa Feminina da Europa". O motivo por trás é a ausência de outros campeonatos que se encaixem nessa faixa de gênero e categoria de modo oficial, ao contrário da modalidade masculina, que, além da Champions, conta com a Liga Europa e a Liga Conferência.

3. SÃO ELAS!

A maior artilheira da competição continental é a norueguesa Ada Hegerberg, que defende a camisa do Lyon e da Seleção de seu país natal. A atacante de 26 anos registra um total de 57 tentos pela Liga, até então. Do 2º ao 4º lugar, ocupam, respectivamente: Anja Mittag (51), Conny Pohlers (48) e Eugénie Le Sommer (47), que também integra o elenco do Lyon ao lado de Ada (47). E claro, não poderia faltar: Marta, a Rainha, fecha o top 5 com 46 gols anotados.

Barcelona x Wolfsburg, na Champions League feminina
Barcelona x Wolfsburg, na Champions League feminina (Créditos: Getty Images)

 

4. PÚBLICO HISTÓRICO

Na atual temporada, a primeira partida das semifinais entre Barcelona e Wolfsburg abrigou o maior público registrado na história do futebol feminino. O número de pessoas presentes na arena Camp Nou foi de 91.648 pessoas. A marca quebra o próprio recorde do time catalão que havia sido atingido no final de março, pelas quartas de final em clássico contra o Real Madrid, com 91.553 pagantes. O Blaugrana derrotou o time madrileno por 5 a 2.

5. TÍTULOS 

O Lyon é o maior vencedor de finais na modalidade feminina da Champions League, com sete troféus conquistados ao longo da história. Frankfurt (4) e Umea IK (2) consolidam o top 3 de clubes mais bem-sucedidos na competição. Aliás, o segundo título do Umea contou com a presença de Marta em seu elenco, sendo o único caneco da Rainha faturado no torneio em sua carreira. 


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!