Sportbuzz
Testeira
Futebol / SÉRIE B

Celsinho fala após novo caso de racismo na Série B: “Desconfortante”

Jogador do Londrina foi vítima de injúria racial pela terceira vez na Série B do Campeonato Brasileiro

Redação Publicado em 31/08/2021, às 15h41

Celsinho fala após novo caso de racismo na Série B: “Única coisa que faço é jogar futebol” - Transmissão/ Globo - 31/08/2021
Celsinho fala após novo caso de racismo na Série B: “Única coisa que faço é jogar futebol” - Transmissão/ Globo - 31/08/2021

Após ser vítima do terceiro caso de racismo na Série B do Campeonato Brasileiro, o meia Celsinho, do Londrina, falou sobre o episódio e agradeceu o apoio que recebeu dos torcedores.

Ao “Globo Esporte” do Paraná, o jogador salientou que a pauta de combate ao racismo não pode ser camuflada e pediu que os responsáveis por atos racistas devem ser punidos.

“É muito desconfortante em um curto prazo passar por uma situação três vezes, por três vezes ter que dar satisfações para minha família, meus filhos, minha esposa, amigos. Ter que responder o porquê meu cabelo incomoda tanto”, disse Celsinho.

O caso aconteceu durante o jogo contra o Brusque, no último sábado. O jogador avisou o quarto árbitro sobre o corrido durante o intervalo, e apontou a pessoa que proferiu as ofensas da arquibancada. De acordo com a súmula, a pessoa foi identificada como parte do staff do Brusque.

Antes do episódio, também em partidas da Série B, Celsinho foi vítima de injúrias raciais durante transmissões dos jogos contra o Goiás e Remo, no período de uma semana em julho. Os ataques foram feitos por profissionais de rádio.

“É muito desconfortante porque a única coisa que faço é ir para o estádio, jogar futebol, fazer o que mais amo, que é a minha profissão, e ter que encontrar criminosos que acabam cometendo esses crimes em um espaço que eu sempre fui feliz. E as pessoas ainda acharem que isso é normal, me rotularem como se eu fosse um aproveitador de toda essa situação”, completou.

O jogador comentou sobre os episódios de racismo no futebol brasileiro e destacou que é um reflexo da sociedade.

“A nossa sociedade está recheada desses criminosos. Como é um esporte passional e que mexe muito com a emoção, esses criminosos acabam se exaltando achando que é normal, que é justificável o que eles fazem, por sentir paixão ao clube, por ser um torcedor, mas isso está dentro da pessoa”, disse.

“A pessoa quando é racista, criminosa, preconceituosa, isso está dentro dela. Em um momento ou outro, ela acaba cometendo esses atos horríveis contra outra pessoa. Não vejo isso só no futebol, mas sim na sociedade por inteiro”, completou.

Celsinho ainda comentou que, junto contra o Londrina, vai tomar as medidas necessárias nas esferas criminal, cível e desportiva contra o membro do staff do Brusque.

“Com o clube e com meus advogados, vamos tomar todas as providências para que isso não fique impune”, disse.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!