Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / POLÊMICA!

Ceará x Palmeiras: CBF divulga áudios do VAR após polêmica em campo

Ceará x Palmeiras contou com alguns questionamentos e reclamações sobre as decisões que foram tomadas pelo árbitro Anderson Daronco dentro de campo

Redação Publicado em 01/08/2022, às 07h17

Árbitro de Ceará x Palmeiras, Anderson Daronco - Cesar Greco/Palmeiras/Flickr
Árbitro de Ceará x Palmeiras, Anderson Daronco - Cesar Greco/Palmeiras/Flickr

A partida entre Ceará x Palmeiras foi mais uma do Brasileirão que contou com polêmicas de arbitragem. Depois das reclamações de ambos os lados, a CBF divulgou neste domingo, 31, os áudios do VAR dos lances que foram questionados pelas equipes no último sábado, 30, no Castelão, pelo Campeonato Brasileiro, na vitória Alviverde por 2 a 1.

O primeiro deles foi de um possível pênalti de Gustavo Gómez sobre Mendoza. Dentro de campo, o árbitro Anderson Daronco disse que "não tem movimento de braço". Na cabine do VAR, o árbitro de vídeo Rodrigo Nunes de Sá afirmou que houve uma disputa normal, sendo que foi com "contatos mínimos não faltosos".

Já no segundo tempo de Ceará x Palmeiras, Dudu acabou sendo derrubado fora da área por Richardson depois do contra-ataque do Palmeiras. Por não ter conseguido acompanhar a velocidade da jogada, Daronco afirmou que não viu um "movimento de empurrar". No vídeo, o VAR sugere que ele veja o lance no monitor, o que acabou resultando na expulsão.

O terceiro lance polêmico acontece por conta do pênalti de Danilo em Vina, que desde o momento da marcação foi muito questionado pelos palmeirenses. Nele, o árbitro assinalou a infração no campo e disse que o volante "calça" o adversário. Na cabine, o VAR disse que houve  um toque na coxa, confirmando a penalidade anteriormente marcada.

Ceará x Palmeiras em campo pelo Brasileirão
Ceará x Palmeiras em campo pelo Brasileirão (Crédito: Cesar Greco/Palmeiras/Flickr)

Alguns minutos depois do jogo, o Palmeiras fez duras críticas à atuação da arbitragem na partida do Brasileirão. O diretor de futebol Anderson Barros, por exemplo, disse que o clube vai tomar medidas contra a arbitragem e também cobrou uma posição da CBF. O técnico Abel Ferreira foi outro que falou sobre os acontecimento, sendo bastante incisivo. 

"Há títulos, prestígio, dinheiro e, acima de tudo, o nosso trabalho. Na última conferência disse que gostaria que esse campeonato fosse decidido dentro das quatro linhas por duas equipes, mas começo a ficar com algumas dúvidas. Mas vamos continuar fazendo o que controlamos", disse o treinador sobre o que não gostou de ver em campo.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!