Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » BRASILEIRÃO 2020

CBF anuncia pausa em data Fifa, mas Brasileirão não para durante a Copa América 2020

Mudanças em todo calendário do futebol brasileiro foram feitas pela Confederação

Gabriela Santos Publicado em 03/10/2019, às 19h59

Palmeiras comemora o título do Campeonato Brasileiro de 2018
Palmeiras comemora o título do Campeonato Brasileiro de 2018 - Getty Images

Nesta quinta-feira, 3, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o calendário do futebol brasileiro de 2020. A novidade para a Série A é a paralisação do Campeonato Brasileiro durante as datas Fifa. Contudo, mesmo com o anúncio da pausa, a competição acontecerá normalmente durante a Copa América e a Olimpíada de Tóquio. 

O Campeonato Brasileiro será de 3 de maio até 6 de dezembro, mantendo o formato atual, de pontos corridos em 38 rodadas. 

Pela sequência do Brasileirão, caso tenham jogadores convocados, os times podem ser desfalcados em dez jogos durante a disputa da Copa América, que será realizada na Argentina e Colômbia. No período de 12 de junho a 12 de julho, acontecem nove rodadas, mas há o acréscimo de mais uma, já que a competição começa dois dias antes de uma rodada. 

Nos Jogos Olímpicos, com jogadores Sub - 23, serão: duas rodadas do Campeonato Brasileiro, as oitavas de final da Libertadores e da Copa Sul-Americana. As partidas das quartas de final e o jogo de ida da final da Copa do Brasil também podem ser comprometidos. 

"As Datas FIFA de 2020 estão livres de jogos do calendário nacional. Serão 10 jogos de seleções espalhadas em cinco períodos, compreendidos entre março e novembro. No caso das seleções sul-americanas, serão oito jogos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar (março, setembro, outubro e novembro) e dois jogos amistosos preparatórios para a disputa da Copa América (junho)", divulgou a Confederação Brasileira. 

Com competições estaduais, nacionais e continentais, o calendário da CBF começa em 22 de janeiro e termina em 6 de dezembro. 

Série D também terá mudanças: 

Para ampliar as datas, a fase de grupos passará de 68 para 64 times, divididos em oito chaves, com oito times cada. Cada equipe fará o jogo de ida e volta e os quatro melhores de cada grupo avançam para as oitavas.

Além disso, oito equipes disputam vagas na fase preliminar, mas a CBF ainda não divulgou como será estruturada a classificação.

A partir da segunda fase, os 32 classificados se enfrenta, de maneira eliminatória (passando pelas oitavas, quartas, semifinais e final, até o final da competição.

“O calendário de 2020 contempla uma reivindicação de clubes da Série D, que era o aumento do número de datas da competição”, anunciou o site da Confederação.

Ampliada a busca pelo acesso à Terceira Divisão, a Série D do Brasileirão agora passa de 16 para 26 datas. O calendário se inicia em 3 de maio e termina 22 de novembro, na disputa do título. Neste ano, a Quarta Divisão começou em 9 de junho e coroou o campeão Brusque em 18 de agosto.

“Assumimos o compromisso de aperfeiçoar cada vez mais o calendário do futebol brasileiro e estamos fazendo isso com diálogo e com firmeza de objetivos. Com isso, ganham todos: clubes, federações e a Seleção Brasileira”, afirmou o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!