Sportbuzz
Testeira
Futebol / CHAMPIONS LEAGUE!

Carrasco do PSG na Champions League, Mahrez exalta Manchester City: "Merecemos"

Somando todas as partidas contra o PSG, Mahrez marcou três dos quatro gols do Manchester City na semifinal da Champions

Redação Publicado em 04/05/2021, às 18h26 - Atualizado às 19h25

Mahrez foi o grande nome do Manchester City contra o PSG na semifinal da Champions League - GettyImages
Mahrez foi o grande nome do Manchester City contra o PSG na semifinal da Champions League - GettyImages

Mahrez teve mais uma noite brilhante de Champions League nesta temporada. O jogador chamou a responsabilidade nas semifinais, marcou três gols, sendo dois na vitória desta terça-feira, 4, e levou o Manchester City a uma inédita final de Liga dos Campeões, após vencer o PSG.

Em entrevista para a "RMC", Mahrez deu maiores detalhes em relação a classificação dos citizens para a decisão da Champions League. O atacante do Manchester City deixou claro que seu time foi merecedor da classificação e exaltou a maneira como a equipe dominou os rivais. 

Acho que foi merecido nos dois jogos, merecemos passar, fomos capazes de ser eficientes quando necessário e fizemos a diferença. Hoje no primeiro tempo estivemos na média. No segundo tempo, conseguimos elevar o nosso nível, e poderíamos ter marcado mais três ou quatro gols", afirmou. 

O jogador também destacou seus feitos diante do PSG e demonstrou toda sua felicidade por ter marcado em confrontos tão importantes para o City: "Marcar nas grandes partidas é o que queremos, é o que sonhamos, consegui marcar três gols em ambas partidas. Estivemos muito sólidos nas duas partidas e merecemos passar”. 

COMO FOI O JOGO? 

Com um Mahrez inspirado e um Neymar apagado, o Manchester City venceu o PSG e avançou para a sua primeira final de Champions League. O atacante do time inglês marcou dois gols contra os rivais franceses e garantiu a classificação dos citizens com um placar de 2 a 0. 

Um primeiro tempo de tirar o fôlego no Etihad Stadium. Os franceses, precisando vencer os rivais por dois gols de diferença, foram para o ataque e deixaram os mandantes acuados em seu campo de defesa. Mesmo assim, quem acabou saindo na frente e abrindo o placar foram os citizens. 

Logo nos sete minutos iniciais, o Paris Saint-Germain buscou ter mais a posse de bola e encurralou o City na defesa. Procurando jogadas pela esquerda com Neymar, o brasileiro chamou a responsabilidade junto com Di María e impulsionou o time de Pochettino ao ataque. 

Em meio a essa empolgação inicial, o PSG teve um pênalti marcado pelo árbitro da partida, que flagrou uma mão na bola do defensor do Manchester City. No entanto, o VAR entrou em ação e pediu uma revisão do lance, e a decisão acabou sendo pela anulação da penalidade. 

Parece que essa mudança do juiz do confronto, acabou deixando o Paris Saint-Germain um pouco perdido. Ainda no ataque, a equipe errou muitos passes e, num desses erros, proporcionou um contra-ataque mortal do City, que abriu o placar com Mahrez. 

O atacante, que foi o carrasco dos franceses na partida de ida com dois gols marcados, mais uma vez aproveitou o bate e rebate na área e marcou o seu primeiro tento na partida e o segundo contra o PSG. O camisa 26, viu o chute de Kevin De Bruyne resbalar em Diallo e sobrar nos seus pés, dentro da área, para finalizar. 1 a 0. 

Mesmo com os donos da casa na frente e com um placar agregado ainda maior, o Paris não deixou de se apresentar ao ataque e dominar o confronto. Sempre buscando jogadas com Neymar e Di María, o time de Pochettino conseguiu oferecer perigo para Ederson. 

A melhor chance da equipe francesa saiu dos pés de Marquinhos, ou melhor de sua cabeça. Numa jogada área vinda da esquerda, o zagueiro subiu mais que todos, cabeceou no contrapé do arqueiro rival e na hora da bola entrar, viu ela bater na trave e sair pela linha de fundo. 

E O SEGUNDO TEMPO? 

Esperava-se um Paris Saint-Germain mais atento aos contra-ataques do Manchester City e ainda mais ofensivo diante dos rivais ingleses. No entanto, apesar do time ter ficado mais com a posse de bola, os donos da casa foram mais efetivos no setor ofensivo e ainda conseguiram ampliar a diferença no placar. 

Numa saída rápida, mais uma pela esquerda, Foden disparou e saiu em velocidade. O meia foi até a linha de fundo e tocou para dentro da área. O inglês encontrou Mahrez, que fez o seu terceiro gol no PSG, o segundo dele na partida e o segundo do City no Etihad Stadium. 2 a 0. 

Com a necessidade de fazer três gols, a equipe Mauricio Pochettino perdeu a cabeça e viu Angel Di María ser expulso. O argentino acabou dando um pisão em Foden, levou o cartão vermelho e deixou o Paris Saint-Germain com um a menos e distante da final da Liga dos Campeões.  

Depois da expulsão e de uma tremenda confusão, o PSG se perdeu ainda mais no confronto e viu o Manchester City criar grandes oportunidades. Foden, por sinal, deu trabalho para a defesa francesa, acertou a trave e parou em Navas. A promessa inglesas quase fez o terceiro e ampliou o placar no Etihad Stadium. 

CITY NA FINAL!

Com a vitória diante do Paris Saint-Germain, o Manchester City vai fazer sua primeira final de Champions League. Os ingleses vão esperar o confronto entre Real Madrid e Chelsea para saber quem vão encarar na decisão da Liga dos Campeões, que será realizada no dia 29 de maio, na Turquia.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!