Sportbuzz
Testeira
Futebol / SANTOS

Carille exalta ‘atmosfera’ da Vila e traça novo objetivo do Santos

Técnico Fábio Carille destaca torcida após vitória sobre o Fortaleza e diz que Santos pode ‘sonhar com algo a mais’ no Brasileirão

Redação Publicado em 26/11/2021, às 08h59 - Atualizado às 08h59

Carille exalta ‘atmosfera’ da Vila e traça novo objetivo do Santos - YouTube/ Santos TV
Carille exalta ‘atmosfera’ da Vila e traça novo objetivo do Santos - YouTube/ Santos TV

Na luta contra o rebaixamento, o Santos conquistou a vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza, em duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o importante resultado em casa, o Peixe chegou aos 45 pontos e está próximo de confirmar a permanência na Série A da competição nacional.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Fábio Carille destacou a atmosfera na Vila e afirmou que a torcida foi responsável por empurrar os jovens que foram a aposta para a partida desta quinta-feira. Para o duelo em casa, o treinador escalou João Paulo, Kaiky e Ângelo. Gabriel Pirani e Marcos Leonardo, autor dos dois gols, entraram no segundo tempo. Com futuro incerto no alvinegro, o centroavante tem sido pouco escalado.

 

“Marcos Leonardo vem treinando bem, mas teve algumas convocações (para seleções brasileiras de base). Sou um pouco inseguro em colocar meninos em momento desse, confesso. Sei do talento dele e do Ângelo e do Kaiky, mas o negócio é pesado e vem o medo de queimar. Me senti à vontade na opção de colocar o Marcos hoje”, disse Carille.

“A atmosfera da Baixada, um lugar que historicamente sempre revelou grandes jogadores. E aqui na base temos vários trabalhando com a gente. Me dá mais segurança lançar em casa, sim”, completou o treinador do Peixe. 

Carille ainda projetou outros objetivos para o Santos no Campeonato Brasileiro. O técnico destacou o “alívio de chegar aos 45 pontos”, um a menos para a pontuação segura de permanecer na primeira divisão. De olho na sequência da temporada, o técnico afirmou que a equipe vai buscar uma vaga na Copa Sul-Americana de 2022. Primeiro dentro da zona de rebaixamento, o Bahia tem 37 pontos. 

Santos vence Fortealeza na Vila Belmiro (Crédito:  Ivan Storti / Santos FC / Flickr)

 

“Mais um jogo de superação, entendendo e trabalhando em cima das limitações e dificuldades. Muito satisfeito com tudo que está acontecendo. Muito pouco para conseguir nosso objetivo. Talvez com 45 não caia, mas vamos buscar pontos e podemos sonhar com algo a mais, como Sul-Americana. A partir de amanhã vamos trabalhar por mais, mas com 45 matematicamente não estamos livres”, afirmou. 

“Se a gente atingir os pontos da Sul-Americana antes, vamos sonhar mais. Mas o alívio de chegar a 45 pontos existe. 46 não cai, tenho certeza. 45 tenho dúvida. Vamos projetar Sul-Americana e depois quem sabe. Talvez um sonho maior contra o Cuiabá, mas vamos com os pés no chão, curtir cada momento. E hoje é dia curtir os 45 pontos. Ninguém caiu com 45 na história, se não me engano, mas matematicamente não podemos comemorar", completou, sem lembrar que o Coritiba se livrou com 45 em 2009”, completou.

O Santos volta a campo no próximo domingo, 28, às 19h (de Brasília), para enfrentar o Internacional, no Beira-Rio, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Peixe, que ocupa a 11ª colocação da tabela de classificação, ainda enfrentará Flamengo (fora) e Cuiabá (casa) nas duas últimas rodadas do Brasileirão.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!