Sportbuzz
Testeira
Futebol / SELEÇÃO BRASILEIRA

Capitão da seleção, Marquinhos destaca responsabilidade contra Argentina: “Aqui temos líderes”

Zagueiro do PSG será capitão da Seleção Brasileira no duelo contra a Argentina, pela 14ª rodada das Eliminatórias

Redação Publicado em 16/11/2021, às 13h41

Capitão da seleção, Marquinhos destaca responsabilidade contra Argentina: “Aqui temos líderes” - GettyImages
Capitão da seleção, Marquinhos destaca responsabilidade contra Argentina: “Aqui temos líderes” - GettyImages

A Seleção Brasileira enfrenta a Argentina nesta terça-feira, 16, às 20h30 (de Brasília), pela 14ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo. Para o confronto fora de casa, o Brasil terá o zagueiro Marquinhos como capitão.

Em entrevista coletiva antes do clássico sul-americano, o defensor destacou a responsabilidade de vestir a braçadeira de capitão.

“Uma honra estar representando a Seleção como capitão no último jogo do ano contra a Argentina. Isso mostra a confiança do grupo e do professor, mostra que o trabalho vem sendo bem feito. Aqui temos líderes, não é porque eu estou usando a faixa de capitão que vou ser o único líder, temos um monte de jogadores que podem e exercem essa liderança. Não é só porque sou capitão que vou mudar minha postura, ou alguma coisa. É focar no jogo, ajudar a equipe, tentar incentivar os jogadores, é isso que vou tentar fazer no jogo”, disse o zagueiro do PSG.

Com a vitória sobre a Colômbia na última rodada, o Brasil garantiu a vaga antecipada para a Copa do Mundo de 2022, no Catar. Líder das Eliminatórias com 34 pontos, a seleção tem seis pontos de vantagem para a Argentina, vice-líder, que já está com a classificação encaminhada.

“Espero um grande jogo, com duas grandes equipes que vão estar lá, com grandes jogadores. Por todo o contexto, é normal que haja todo esse tempero especial. Sabemos que temos que ser fortes, estar concentrados no jogo, bem mentalmente para controlar tudo aquilo que pode influenciar em nossas atitudes dentro de campo, porque o que a gente sabe fazer de melhor é jogar bola. É colocar a bola pra correr, ter personalidade, se ajudar dentro de campo, trabalhar junto. O resto, o que passou, todo o contexto que pode nos influenciar nas atitudes dentro de campo tem que ser colocado de lado, e concentrar apenas naquilo que temos que fazer dentro de campo”, disse o capitão.

Argentina e Brasil se enfrentam nesta terça-feira, 16, às 20h30 (de Brasília), no estádio San Juan del Bicentenario.


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!