Sportbuzz
Testeira
Futebol / LIBERTADORES

Cano decide e Fluminense vence Olimpia na Libertadores

Fluminense e Olimpia fizeram uma partida repleta de catimba, mas os cariocas conseguiram sair com a vitória na Libertadores; Luiz Henrique foi decisivo no jogo!

Redação Publicado em 10/03/2022, às 06h16

Cano e Luiz Henrique decidem para o Fluminense, que vence o Olimpia na Libertadores - GettyImages
Cano e Luiz Henrique decidem para o Fluminense, que vence o Olimpia na Libertadores - GettyImages

O Fluminense encarou o Olimpia na Libertadores e teve um grande desafio nesta quarta-feira, 9, no estádio do Nilton Santos. Mesmo com uma falha bizarra de Fábio, o time de Abel Braga mostrou sua força e viu Luiz Henrique e Cano brilharem com para abrir vantagem e vencer os rivais paraguaios por 3 a 1.

O jogo entre os dois times foi marcado por muita catimba por parte do Olimpia, mas o Fluminense deixou o jogo psicológico de lado e foi para campo. O Tricolor abriu o placar logo de cara com Germán Cano, mas Fábio entregou o gol de empate para Derlis González. No segundo tempo, Luiz Henrique fez uma pintura e deu a vitória ao time das Laranjeiras na Libertadores. Ainda deu tempo para Cano fazer o terceiro e dar uma ótima vantagem aos cariocas.

 

CANAL - SPORTBUZZ:

Fluminense e Olimpia fizeram um primeiro tempo disputado e com grandes chances de gol para os dois lados. O Tricolor começou melhor no confronto, pressionou a saída de bola paraguaia e não demorou muito para balançar as redes com Germán Cano. No entanto, Fábio cometeu um erro grave e cedeu o empate.

O primeiro gol da partida saiu logo aos 10 minutos. Numa cobrança de escanteio, Luiz Henrique desviou na primeira trave, a defesa do Olimpia ficou desatenta e Germán Cano apareceu sozinho para completar para o fundo das redes e colocou o Tricolor na frente do placar. O Olimpia sentiu o gol e buscou sair mais da defesa.

Derlis González empatou para o Olimpia a partida diante do Fluminense na Libertadores (Crédito: GettyImages)
Derlis González empatou para o Olimpia a partida diante do Fluminense na Libertadores (Crédito: GettyImages)

 

No entanto, mesmo estando melhor no confronto, o Fluminense acabou vendo Fábio cometer uma falha bizarra. O goleiro foi sair jogando com os pés, mas deu de presente para Derlis González, que foi mais esperto e estufou as redes do Nilton Santos para colocar o 1 a 1 no placar e deixar o confronto de Libertadores ainda mais tenso.

Depois de sofrer o empate, o Fluminense não se encontrou no jogo e acabou caindo na famosa catimba do Olimpia. Os paraguaios foram enrolando a partida, o Tricolor começou a perder o seu ritmo intenso dentro das quatros linhas e sofreu para tentar fazer o segundo. Desta forma, a etapa inicial acabou se encerrando com um empate e parte da torcida chegou a vaiar a atuação do time de Abel Braga.

 

O segundo tempo começou bem diferente para o Fluminense. O Tricolor não tomou conhecimento dos adversários paraguaios e abriu o placar antes mesmo dos dez minutos de partida. Luiz Henrique fez uma belíssima jogada individual, deixou diversos rivais do Olimpia para trás e o atacante bateu com muita qualidade para fazer 2 a 1 e colocar os cariocas na frente do placar novamente. 2 a 1.

Não demorou muito para que o Fluminense fizesse o seu terceiro gol no jogo. Com o Olimpia inteiro no campo de ataque, o Tricolor saiu no contra-ataque e viu Cano “fazer o L” novamente. Willian Bigode chutou, o goleiro defendeu e o centroavante surgiu no rebote para fazer o 3 a 1.

Fluminense e Olimpia voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, 16, no Paraguai, para definir o seu futuro na Libertadores. Com dois gols de vantagem no placar, o Tricolor pode até perder por 1 a 0 que avança para a fase de grupos da competição mais desejada da América do Sul.


 

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!