Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » TENSO!

Cafu nega possível ligação com facção criminosa: "Nada disso procede"

Por meio de sua assessoria, ex-jogador se defendeu das acusações

Pedro Ungheria Publicado em 08/10/2019, às 09h42

Cafu nega ligação criminosa com o PCC
Cafu nega ligação criminosa com o PCC - GettyImages

Nesta semana, Cafu viu seu nome envolvido em uma grande polêmica! De acordo com uma matéria veiculada pela Veja, o capitão do penta com a Seleção Brasileira estaria passando por um processo de investigação devido a um registro de depósitos feitos nas contas do ex-jogador.

Ao que tudo indica, o craque teria recebido alguns valores que, supostamente, foram transferidos por uma das maiores facções criminosas do Brasil, o Primeiro Comando da Capital - PCC. 

Sem citar números exatos, a reportagem indicou que os valores estariam relacionados à venda de um terreno ou imóvel que pertencia ao ex-atleta.

A descoberta veio à tona após um dos tesoureiros da organização criminosa ter sido preso. Os repasses estavam listados em um celular apreendido em agosto com Décio Gouveia Luiz. O que causou este questionamento na Polícia Civil, responsável pelo caso.

O SportBuzz entrou em contato com o assessor de Cafu e o mesmo negou que seu cliente tenha cometido qualquer tipo de irregularidade.

Em justificativa, o ex-jogador afirmou que não possui nenhum terreno no local indicado nas acusações.

“Não procede [essa história de] venda de imóvel, casa ou terreno. Nada disso procede, até porque eu não tenho nem terreno em Alphaville”, afirmou o craque.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!