Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Futebol » FELIZ ANIVERSÁRIO!

Cafu 50 anos: No aniversário do capitão do penta, relembre a trajetória do ex-jogador e confira as homenagens recebidas nas redes sociais!

Craque é considerado ídolo da torcida de São Paulo e Palmeiras

Izabella Macedo Publicado em 07/06/2020, às 15h49

Cafu 50 anos: Capitão do penta comemora aniversário com carta sobre reflexão e recebe homenagem nas redes sociais
Cafu 50 anos: Capitão do penta comemora aniversário com carta sobre reflexão e recebe homenagem nas redes sociais - GettyImages

No dia 7 de junho de 1970, nascia Marcos Evangelista de Morais, mais conhecido como Cafu.

Naquele momento, ninguém estava preparado para ver o que o garoto que gostava de futebol iria se tornar e o papel dele para história do esporte.

Com muitas conquistas ao longo da carreira, o ex-lateral entrou para a galeria de campeões mundiais pelo Brasil em 2002, quando levantou o troféu da Copa do Mundo.

Revelado nas categorias de base do São Paulo, Cafu em seu início já apresentava ser um grande jogador para o futuro do futebol brasileiro.

Sua estreia no profissional aconteceu no ano de 1989 e a passagem durou até 1994. Com algumas conquistas, Cafu se tornou um dos principais jogadores da equipe naquele período.

Em seu dia especial, Cafu aproveitou para promover um momento de reflexão por conta deste momento difícil vivido por todo o mundo.

Através de uma carta publicada pelo Comitê Organizador da Copa do Catar de 2022, o ex-jogador disse sentir falta das atividades que exercia como embaixador global.

"Também realizei muitos trabalhos nos últimos meses junto ao Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2022, onde sou embaixador global. Através da nossa cooperação e do programa "Geração Incrível", tive a oportunidade de conhecer centenas de jovens fãs de futebol de todo o mundo, e antes desse isolamento, trabalhei nas sessões de treinamento com eles", iniciou.

"Ao lado de meus colegas embaixadores, Xavi, Samuel Eto’o e Tim Cahill, vemos a alegria no rosto dessas crianças quando chegamos e brincamos com elas. Sinto muito falta disso. Sei que o programa realizou diversas sessões virtuais para que todas as crianças isoladas em casa pudessem acompanhar. Isso é admirável e é uma grande inovação durante esse período. Tenho certeza de que todos pensam o mesmo ao ver pela primeira vez a alegria nos rostos das crianças quando elas jogam futebol. Isso é insubstituível. É o que mais me alegra e é o que mais sinto falta", concluiu.

Ídolo das torcidas paulistas de São Paulo e Palmeiras, Cafu também foi homenageado através das redes sociais pelos perfis oficiais dos clubes.

No tempo em que defender o Tricolor, Cafu venceu 10 títulos, entre eles, dois Campeonatos Paulistas, um Campeonato Brasileiro e duas Libertadores.

Ao todo, foram 273 partidas e 38 gols. O destaque fez com que Cafu fosse contratado pelo Real Zaragoza, da Espanha. Por lá, ficou apenas uma temporada e participou de apenas 17 jogos, sem nenhum gol marcado.

Sua história no Palmeiras começou depois de uma passagem do jogador pelo Real Zaragoza e um curto período no Juventude. Mais uma vez participou de um time histórico, o time campeão paulista de 1996 que marcou 102 gols.

O ex-atleta se apresentou ao Verdão no ano de 1995 e permaneceu por duas temporadas. Disputou 99 jogos com o rival do Tricolor e anotou 13 gols.

Além disso, foi campeão paulista no ano de 1996. Mais uma vez com boas atuações, Cafu foi comprado pela Roma e anunciou seu retorno ao futebol europeu no ano de 1997. A passagem no clube italiano foi muito positiva e o brasileiro recebeu o apelido de “Trem Expresso”.

Em 2003, Cafu decidiu aceitar a proposta do Milan, e foi em Milão que o jogador atingiu seu principal momento na carreira.

Detentor de inúmeros títulos, o brasileiro entrou para a história do clube italiano por sua identificação e importância. Conquistou mais dez troféus para sua coleção. Entre eles, a Champions League na temporada 2006-2007 e o Campeonato Italiano na temporada 2003-2004.

Sua dos gramados foi anunciada apenas em 2010 após a Copa do Mundo da África do Sul.

Sua passagem pelo Milan foi encerrada em 2008 e o ex-jogador esperou por dois anos para tomar a importante decisão. Nesse período, recebeu propostas de Santos e São Paulo, mas preferiu não aceitar e concluir sua bela trajetória no esporte.

Pela Seleção Brasileira, sua história foi muito gloriosa e recheada de troféus.

Bicampeão do mundo nos anos de 1994 e 2002, o capitão do penta estreou com a amarelinha no ano de 1990 e, a partir dali, não deixou de figurar entre as convocações da equipe. O brasileiro foi o responsável por levantar o caneco da Copa de 2002. Além disso, venceu mais quatro títulos com o Brasil.


5 itens do seu time do coração que você não pode ficar sem

1- Camisa Adidas São Paulo 2018 - https://amzn.to/31uv12K

2- Livro Maquete 3D Estádio Vila Belmiro - https://amzn.to/2IZ3AaY

3- Mochila Corinthians - https://amzn.to/2psy3ax

4- Caneca com Abridor,  Flamengo - https://amzn.to/31uUJnQ

5- Fone de Ouvido Cruzeiro - https://amzn.to/33GhR4d

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!