Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram Sportbuzz
Testeira
Futebol » ELIMINATÓRIAS

Brasil vence a Venezuela e segue 100% nas Eliminatórias para a Copa do Mundo

Em jogo sem brilho, Seleção Brasileira tem dificuldade de passar pela Venezuela, mas conquista vitória no Morumbi

Redação Publicado em 13/11/2020, às 23h33 - Atualizado às 23h36

Brasil vence a Venezuela e segue 100% nas Eliminatórias para a Copa do Mundo
Brasil vence a Venezuela e segue 100% nas Eliminatórias para a Copa do Mundo - GettyImages

A Seleção Brasileira venceu a Venezuela por 1 a 0 na noite desta sexta-feira, 13, pela terceira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Roberto Firmino foi o autor do único gol da partida. O Brasil segue como a única seleção com 100% de aproveitamento.  

A Canarinho dominou o jogo, mas teve dificuldade de passar pelos venezuelanos. Melhor nas estatísticas, a seleção comandada por Tite não conseguiu criar grandes chances de perigo no primeiro tempo.

Desfalacada, a seleção não teve muito brilho no Morumbi, mas conseguiu manter os 100% nas três primeiras rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas. Sem Neymar, Philippe Coutinho e Casemiro, cortados, o Brasil contou com Firmino, aos 21 minutos do segundo tempo, para garantir a vitória.

Com nove pontos somados em três partidas, o Brasil é o único invicto e lidera as Eliminatórias de maneira isolada. Já a Venezuela segue sem pontuar e figura a penúltima colocação, à frente apenas da Bolívia, que perde no saldo de gols. 

O Brasil volta a campo na próxima terça-feira, 17, às 20h (de Brasília), contra o Uruguai. A Venezuela enfrenta a Seleção Chilena, mais cedo, às 18h. As partidas serão válidas pela quarta rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

O jogo

Aos dois minutos do primeiro tempo, o Brasil fez a defesa venezuelana trabalhar. Renan Lodi recebeu de Thiago Silva pela esquerda, ajeitou e cruzou na área tentando encontrar Firmino, que se antecipou, mas o zagueiro Osorio tirou para escanteio. Na cobrança batida por Everton Ribeiro pela esquerda, Thiago Silva apareceu, mas mandou por cima do gol.

Aos cinco minutos, Douglas Luiz tentou um passe com velocidade na esquerda para Firmino, mas foi interceptado. O Brasil seguiu pressionando e no campo de ataque.

Richarlison chegou a balançar as redes, aos seis minutos, mas o gol foi anulado pelo árbitro e confirmado pelo VAR. Na origem do lance, Renan Lodi estava impedido por pouco.

Com o Brasil pressionando, a Venezuela se fechou e contou com a eficiência de sua defesa.
Aos 28 minutos, Allan girou bem pelo meio e encontrou Firmino pela esquerda, que dominou e mandou uma bomba de fora da área. O goleiro Fariñez espalmou. No lance seguinte, Everton cobrou escanteio da direita, Firmino desviou, mas Gabriel Jesus não conseguiu chegar para finalizar.

Aos 32 minutos, Richarlison protagonizou um lance inacreditável. Renan Lodi recebeu na esquerda e cruzou com perigo para Gabriel Jesus, que apareceu e desviou para o meio. Na pequena área, Richarlison desviou, mas mandou para fora.

Aos 38, Rondón acionou Soteldo na esquerda, que parte para cima de Danilo, avança para a linha de fundo e cruza rasteiro. Marquinhos afastou para escanteio. Na cobrança batida por Machís na esquerda, Renan Lodi subiu para afastar.

O Brasil chegou ao gol mais uma vez, com Douglas Luiz, mas também não valeu. No lance, Everton tabelou com o meia na esquerda, cruzou, e Gabriel Jesus cabeceou para o meio. Richarlison disputou com Osorio, cabeceou e Fariñez fez a defesa. Na sequência, Douglas Luiz apareceu para marcar, mas foi assinalado uma falta de Richarlison em Osorio.

Aos 42 minutos, Gabriel Jesus arrancou pela direita e acionou Douglas Luiz no meio, que finaliza colocado, mas a bola saiu bem perto da trave esquerda de Fariñez. Na sequência, a Venezuela chegou com Machís, que arrancou pela direita e arriscou de fora da área, mas Ederson encaixou bem.

O Brasil continuava insistindo, mas não conseguia passar da retranca venezuelana. Aos 46 minutos, Gabriel Jesus ficou preso na marcação.

O panorama do segundo tempo seguia o mesmo da primeira etapa: Brasil pressionando, mas sem conseguir eficiência. Aos quatro minutos, Firmino cruzou da direita, a defesa venezuelana afastou, Danilo ficou com a sobra e cruzou. Richarlison e Gabriel Jesus disputam a bola dentro da área, mas a defesa afastou o perigo.

O Brasil continuava no campo de ataque, mas parava na defesa. Na chegada seguinte, Lodi rolou para Paquetá, que cruzou na área. Richarlison tentou o cabeceio pela direita, mas a bola foi pela linha de fundo. O árbitro revisou o lance por um possível pênalti no atacante, mas não foi nada.

Aos 21 minutos do segundo tempo, Roberto Firmino abriu o placar. Everton Ribeiro apareceu pela direita, cruzou na cabeça de Renan Lodi. O lateral testou para o meio da área, e o atacante do Liverpool empurrou para o gol, no contrapé de Fariñez: 1 a 0.

Aos 31 minutos do segundo tempo, o atacante Pedro, do Flamengo, entrou em campo e fez sua estreia pela Seleção Brasileira. No minuto seguinte, Firmino pegou a sobra de cruzamento pela direita, deu o passe para trás para Danilo, que conseguiu sair da marcação e cruzar com a canhota, mas a bola foi pela linha de fundo.

Aos 40 minutos, Firmino roubou a bola na esquerda, e Pedro ficou com ela. O centroavante protegeu, insistiu e ajeitou para devolver para o atacante do Liverpool, que chegou chutando. A bola teve desvio e foi para fora.

A Venezuela teve uma falta perigosa para cobrar, aos 47 minutos. Otero cobrou e a bola passou por cima da meta de Ederson. O chute teve desvio na barreira brasileira e foi para escanteio.

O Brasil não fez uma boa parte e apresentou muita dificuldade contra a Venezuela. No entanto, conseguiu o placar favorável para manter os 100% de aproveitamento. 

FICHA TÉCNICA

Brasil 1 x 0 Venezuela

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo

Data: 13 de novembro de 2020, sexta-feira

Horário: 21h30 (de Brasília)

Gol: Roberto Firmino, aos 21 minutos do 2ºT (Brasil)

Cartões amarelos: Douglas Luiz (BRA); Cásseres (VEN); Machís (VEN); Rincón (VEN). 

BRASIL: Ederson; Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi (Alex Telles); Allan, Douglas Luiz (Lucas Paquetá) e Everton Ribeiro; Gabriel Jesus (Everton), Roberto Firmino e Richarlison (Pedro). Técnico: Tite. 

VENEZUELA: Fariñez; Feltscher (Del Pino), Osorio, Ángel e Rosales (Alex González); Rincón, Moreno, Cásseres, Soteldo (Otero) e Machís (Savarino); Rondón.Técnico: José Peseiro. 


Itens que todo fanático pela Seleção Brasileira vai amar ter

Clique nos links abaixo para comprar os produtos:

1. Álbum de Figurinhas Seleção Brasileira Rússia 2018. A Maior Campeã de Todos os Tempos (+ 10 Envelopes) 

2. Copo Chuteira 370 Ml Jogador Cbf Globimport Transparente 

3. Camiseta Nike Brasil Torcedor Réplica 18/19 

4. A camisa amarela da seleção brasileira

5. Chinelo Slim Brasil, Havaianas, Feminino 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, o SportBuzz pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!