Sportbuzz
Facebook SportbuzzTwitter SportbuzzYoutube SportbuzzInstagram SportbuzzTelegram SportbuzzSpotify Sportbuzz
Futebol / COPA AMÉRICA FEMININA

Brasil vence o Paraguai e leva vaga à final da Copa América Feminina

Brasil ainda conquistou, de quebra, mais um jogo de invencibilidade na competição; seleção agora vai encarar as anfitriãs do torneio na grande final

Redação Publicado em 26/07/2022, às 22h52 - Atualizado em 27/07/2022, às 09h05

Jogadoras do Brasil comemorando o gol sobre o Paraguai na Copa América Feminina - GettyImages
Jogadoras do Brasil comemorando o gol sobre o Paraguai na Copa América Feminina - GettyImages

Brasil x Paraguai entraram em campo na noite desta terça-feira, 26, em Bucaramanga, na Colômbia, pela semifinal da Copa América Feminina. O confronto era para saber quem iria encarar a anfitriã do torneio, que venceu a Argentina por 1 a 0 e já está na decisão. Dessa forma, as brasileiras foram melhores no duelo contra as paraguaias, e venceram por 2 a 0.

Vale destacar que a Colômbia está na final da Copa América Feminina pela terceira vez em sua história, mas nunca chegou a levar o título. Assim, a disputa pelo terceiro lugar está prevista para acontecer nesta sexta-feira, 29, entre as seleções derrotadas, enquanto a briga pelo título do torneio será no final de semana, mais precisamente no sábado, 30.

O jogo

Primeiro tempo

Logo no primeiro minuto de partida, Debinha aproveitou a saída errada do Paraguai, invadiu a área pela esquerda e tentou mandar por cobertura, mas a goleira Alicia Bobadilla estava bem ligada no lance e fez a defesa. A resposta das adversárias veio na sequência, com Fany Gauto cobrando a falta de canhota da ponta direita, e Lorena espalmando para escanteio.

No minuto seguinte, Fany Gauto cobrou o escanteio da direita com sua canhota, VerónicaRiveros subiu muito e cabeceou, mas a defesa do Brasil tirou bem em cima da linha. O Paraguai ainda teve o rebote, a finalização saiu da entrada da área, mas ficou parada em cima da marcação, só levando susto para a zaga.

Brasil x Paraguai em campo pela Copa América Feminina
Brasil x Paraguai em campo pela Copa América Feminina (Crédito: GettyImages)

Aos nove, Adriana recebeu um bom passe pela direita de Ary Borges, entrou na área e chutou cruzado, mas Bobadilla espalmou. Logo depois, Bia Zaneratto teve o rebote do chute de Adriana e chutou cruzado da entrada da área, mas mandou para fora, à direita do gol. Ainda, o Paraguai puxou um ótimo contra-ataque pela direita, com Rebeca Fernández, mas Kerolin desarmou.

Com 15 minutos, gol do Brasil! Adriana cruzou da direita, Kerolin errou cabeceio, a bola sobrou com Tamires, que deu um belo passe para Bia no meio da área. A centroavante ajeitou para Ary Borges soltar a canhota e acertar o canto esquerdo de Bobadilla. Após o gol, o Paraguai resolveu reagir e ser mais direto em suas tentativas de marcar.

Dois minutos depois, Fany Gauto cobrou a falta da direita com sua canhota potente, e Lorena saiu do gol para botar para escanteio. Na sequência, o Paraguai cobrou o escanteio da esquerda, a defesa brasileira afastou, mas na continuidade do lance, a arbitragem marcou um toque de mão de Dulce Quintana.

Aos 27, gol do Brasil! Antônia brigou pela bola na intermediária, ela sobrou com Debinha, que acabou sendo desarmada pela adversária, mas apesar disso, a bola sobrou nos pés de Bia dentro da área. Ela só teve o trabalho de levar para a canhota e mandar pra dentro, deixando as brasileiras na frente e com um pé na final da competição.

Após o gol, com 30 minutos, Kerolin tabelou com Bia Zaneratto dentro da área, mas a devolução não foi tão boa quanto ela esperava. O Brasil recuperou a bola e tentou trabalhar no campo de ataque. No minuto seguinte, Rebeca cobrou o escanteio da esquerda, mas Tamires afastou no momento certo em que o Paraguai começou a reagir.

Seis minutos depois, Ary Borges chegou com o pé alto em Fanny Godoy, e a árbitra marcou a falta. As paraguaias pediram o amarelo, que levaria à expulsão da jogadora, mas a juíza ficou só na bronca. Depois, Angelina recebeu o passe de calcanhar de Bia Zaneratto, deu um drible da vaca na marcadora, entrou na área e chutou cruzado, mas Bobadilla fez a defesa.

Fim do primeiro tempo!

Segundo tempo

Na volta do intervalo, Gauto cobrou a falta da intermediária direita, a bola foi desviada no meio, e Daysy Barreto não conseguiu alcançar para finalizar. Depois, Gauto cobrou o escanteio da esquerda, e Lorena saiu do gol para espalmar para longe. Ainda, Bia Zaneratto dominou na entrada da área, levou para a canhota e chutou forte, mas Bobadilla encaixou bem a bola.

Com 13 minutos, Tamires deu uma linda caneta em Ramona Martínez, entrou na área, mas acabou sendo desarmada. Na sequência, Antônia deu um drible da vaca seguido de uma caneta, entrou novamente na área, teve espaço para o chute, mas preferiu fazer o passe no meio, e errou no momento crucial do lance.

Quatro minutos depois, Adriana fez uma boa jogada na direita, cruzou rasteiro, Bia recebeu, não conseguiu o espaço ideal para o chute e rolou para Antônia. Ela cruza no segundo pau, Kerolin apareceu de peixinho, mas não se saiu bem na jogada, e a bola acabou saindo à esquerda do gol de Bobadilla.

No lance seguinte, Debinha cobrou a falta da esquerda, Angelina dominou a bola na ponta direita, tentou mandar de calcanhar, ela sobrou para Rafaelle, que ajeitou para a canhota e finalizou, mas foi para fora. Com 25, Debinha tentou bicicleta, furou, Duda Sampaio pegou a sobra na entrada da área, chutou mascado, e a bola saiu à esquerda do gol de Bobadilla.

Aos 34, Fabiola Sandoval arriscou de muito longe, mas acabou mandando para fora. O Paraguai não conseguiu mais lances de bola parada e precisava arriscar de fora para finalizar em um momento em que o Brasil estava perdendo muitos gols e não dando nenhum minuto de descanso para a defesa adversária.

Cinco minutos depois, Fatima recebeu livre na ponta esquerda, Lorena saiu da área e conseguiu o desarme, mas a arbitragem marcou o impedimento do Paraguai. Logo depois, Geyse recebeu na ponta direita, levou para a canhota e chutou, mas a bola saiu do lado esquerdo do gol paraguaio, levando muito perigo nessa reta final.

Fim de jogo!

Vaga nas Olimpíadas

O Brasil está garantido nas Olimpíadas de Paris 2024 com o futebol feminino! A vitória desta terça deu para as jogadoras a primeira vaga para a competição. A seleção da casa, que conseguiu derrotar a Argentina na outra semifinal por 1 a 0, na segunda-feira, 25, também está classificada para a próxima edição dos Jogos Olímpicos. 


Receba notícias do SportBuzz no WhatsApp! Para fazer parte do canal CLIQUE AQUI!